Além da entrega da página de abertura do site simplificada, ministro revogou 48 portarias na área do trabalho

Paulo Guedes e Bolsonaro | Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Na última quinta-feira, 22, o ministro Paulo Guedes, acompanhado do presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, revogou 48 portarias na área do trabalho e entregaram a página de abertura do site simplificada do eSocial.

A mudança do reduz os campos de preenchimento, tornando o formulário mais simplificado. O novo formato atende às reivindicações do setor produtivo do país e mantém informações importantes para continuidade das políticas públicas de Trabalho e de Previdência.

Passam a ser dispensados números de PIS e Pasep e exigido apenas o CPF como identificação do trabalhador. Também fica excluído o pedido de número do RG e CNH.

Regras de validação não impedem mais transmissão de dados etc. Empregados poderão se registrar no momento da inscrição da empresa, sem necessidade de ingresso em novo login ou sistema.

Os módulos de Empregador Doméstico e MEI conta com assistente virtual e lançamento automático do 13º salário.