Paulo Garcia garante trecho do BRT em funcionamento até fim de 2016

Em visita às obras do corredor de ônibus, prefeito destacou dimensão da obra, que, ressalta, trará comodidade e dignidade à população da região

Visita Paulo Garcia Obras do VLT | Foto: Renan Accioly

Paulo lembrou que áreas próximas ao BRT serão totalmente urbanizadas | Foto: Renan Accioly

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT) visitou nesta terça-feira (12/4) as obras do BRT Norte-Sul na região Norte da cidade. Junto a alguns vereadores, Paulo confirmou que o trecho Norte, entre a Praça do Trabalhador e o Terminal Recanto do Bosque, deve ser concluído até o final de seu mandato e já entrar em funcionamento.

Paulo também explicou que o trecho sul do BRT ainda não será concluído porque teve seu cronograma atrasado por dificuldades técnicas na transposição dos cabos de uma empresa telefônica de Aparecida de Goiânia. Ele garantiu que o retardamento não é resultado de atrasos ou falta de planejamento da prefeitura.

O BRT deve chegar a 148 bairros de Goiânia e Aparecida de Goiânia, atendendo uma população de cerca de 120 mil pessoas por dia. Para o prefeito, a obra terá uma enorme importância para o município. “É a maior obra de mobilidade da cidade de Goiânia desde a década de 80, vocês podem ver que é uma pista apropriada, em concreto e exclusiva para ônibus, e trará para todo o eixo Norte-Sul, em especial para os moradores da região Noroeste e Norte da cidade, uma comodidade e uma dignidade jamais vistas anteriormente”, comemorou ele.

Além das obras do BRT em si, Paulo garantiu que outras melhorias serão feitas pelo trajeto. “As pessoas imaginam é que essa obra se limita a pista de rolamento dos ônibus. Mas as pistas marginais por onde os carros vão circular serão trocados por asfalto novo, as calçadas serão adequadas, as imediações urbanizadas”, lembrou ele “É uma requalificação urbana”.

Questionado sobre os ônibus que circularão no BRT, Paulo lembrou que a operação da linha não foi decidida durante sua gestão. “O processo licitatório antecede a minha administração, Portanto, não temos o que fazer a não ser cobrar o cumprimento do contrato. Para este eixo, estamos solicitando novos ônibus, modernos e compatíveis com uma obra desse porte”, ressaltou.

Também entrou em pauta a possibilidade de que um possível impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) possa atrapalhar a obtenção de verbas junto à União. Para Paulo, os recursos continuarão sendo repassados, como, garantiu, vem ocorrendo atualmente.

O prefeito também aproveitou para pedir a superação de diferenças políticas em prol do futuro brasileiro. “O que é importante para o Brasil não pode sofrer interrupção motivada por divergências políticas. Aliás, eu acho que está passando da hora de nós olharmos pra frente e pensarmos mais no coletivo, acho que essa disputa está fazendo bastante mal para o país”, concluiu.

Confira fotos das obras do BRT:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.