Paulo Garcia e Maguito devem ir à Câmara Federal explicar falta de vagas em creches

Convite será feito pelo deputado Delegado Waldir. Caso não compareçam a audiência pública, prefeitos serão convocados por comissão a prestar esclarecimentos

O deputado federal Delegado Waldir (PSDB) vai convidar os prefeitos de Goiânia, Paulo Garcia (PT), e de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), para participar de audiência pública na Câmara Federal, que irá discutir a falta de vagas em creches (chamadas de CMEIs) na região metropolitana.

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Casa aprovou nesta quarta-feira (26/8) requerimento do deputado goiano para realização da audiência pública. Segundo a assessoria do parlamentar, no encontro, também serão discutidas as obras de construção de creches em Aparecida, que estariam paralisadas por supostos desvios e mau uso de recursos.

A data da audiência ainda será marcada pela Comissão, mas deve acontecer em breve. Caso não compareçam à reunião, os prefeitos devem ser convocados pela comissão para prestar esclarecimentos.

“Como deputado mais votado nestas duas cidades, o mais votado em Goiânia e o segundo mais votado em Aparecida, estou preocupado com o direito a Educação Básica, atuando em nome das mães e crianças, das famílias, dos dois municípios, penalizadas pela situação”, afirmou o deputado.

O delegado pontua que a proposição da audiência foi motivada pelas constantes denúncias da imprensa local sobre a falta de vagas na educação básica. Segundo informações do governo federal, o município de Aparecida de Goiânia, por exemplo, recebeu recursos na ordem de R$ 22 milhões para a construção de 36 creches, mas apenas 10% delas foram entregues.

“Isso exige uma explicação mais detalhada por parte do prefeito, que até o momento apenas alegou que a empresa Vidan Construções e Serviços, contratada para realizar a obra, não deu continuidade aos trabalhos, por ter entrado em falência”, exemplifica o deputado na justificativa do requerimento da audiência pública.

Procurada pelo Jornal Opção Online, a Prefeitura de Goiânia informou que o convite ainda não havia chegado ao Paço Municipal. Já a Prefeitura de Aparecida de Goiânia não soube informar sobre o pedido do deputado goiano. Acerca das denúncias envolvendo supostos desvios e mau uso de recursos, a assessoria do município se comprometeu a repassar uma nota resposta, mas, até a publicação desta matéria, o comunicado ainda não havia sido enviado à reportagem.

Além dos prefeitos de Goiânia e Aparecida de Goiânia, o deputado também solicitou a participação do representante da empresa Vidan Construções e Serviços, Vicente de Barros Nogueira, e do Ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Valdir Moysés Simão.

O Delegado Waldir pede, ainda, que seja solicitada à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal (MPF) a instauração imediata de investigação e ação fiscalizadora do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Controladoria-Geral da União (CGE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.