Paulo Daher pode ser retirado da CEI da Saúde

Demais integrantes criticam o vereador da base do prefeito por faltar a reuniões e não participar efetivamente das oitivas quando comparece

Vereador Dr. Paulo Daher (DEM) | Foto: Reprodução / Wictória Jhefany / Câmara Municipal de Goiânia

A continuidade do vereador Paulo Daher (DEM) como integrante da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Saúde, que investiga irregularidades na pasta, foi questionada durante reunião do colegiado na manhã desta segunda-feira (12/3).

Os demais vereadores da comissão apontam as inúmeras faltas do democrata nas reuniões da CEI e que, quando está presente, não levanta questionamentos relevantes aos depoentes. A situação ficou ainda mais evidente na última sexta-feira (12), quando foi ouvida a secretária de Saúde, Fátima Mrué.

“Ele é médico, vereador e, com a Saúde de Goiânia no estado em que está, ele não faz nenhuma pergunta? Parece que não é produtiva a participação dele na CEI, até porque ele falta muito”, disse a vereadora Dra. Cristina. Paulo Daher (DEM) é um dos mais fiéis integrantes da base do prefeito Iris Rezende (MDB) e ocupa o posto de vice-presidente do colegiado.

Diante das reclamações, o presidente da CEI, vereador Clécio Alves (MDB) convocou uma reunião para a próxima terça-feira (13) na qual os integrantes devem discutir a situação. “Não é a primeira vez que temos esse questionamento aqui e eu já até conversei com ele em outra oportunidade. Ninguém é obrigado a fazer o que não quer, então se ele estiver muito atarefado, muito ocupado que possa ceder seu  lugar. Vamos ter uma nova conversa com ele amanhã”, disse.

Apesar do tom conciliador Clécio avisa que, se escolher permanecer na comissão, Daher terá que participar. “Se ele entender que prefere continuar, então que participe ativamente. Acredito que aqui temos que dar o exemplo, especialmente por ocupar o posto de vice-presidente”, afirmou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.