Paulo Daher admite que não negaria pedido para substituir secretária da Saúde

Vereador declarou ainda que gestão passa por problemas e população precisa de atendimento com melhor qualidade

Na última semana, segundo informações obtidas pelo Jornal Opção, a secretária de Saúde do município de Goiânia, Fátima Mrué, teria pedido demissão do cargo, mas o prefeito Iris Rezende (PMDB) não teria aceitado a decisão e convenceu a secretária a permanecer no cargo.

Apesar de manter a secretaria no cargo, Iris, por enquanto, consultou aliados, co­mo o médico Áureo Ludovico, sobre quatro médicos: Zacharias Calil (ligado a Ronaldo Caiado), Paulo Daher (vereador pelo DEM), Sílvio Fernan­des (ligado ao senador) e Robson Azevedo (experiente como gestor e líder classista).

Em entrevista ao Jornal Opção, Paulo Daher disse que ainda não foi sondado sobre o assunto, mas garantiu que aceita o cargo caso seja chamado. “Tudo que for pra ajudar [eu faço]. Sou soldado de Goiânia e não posso dar as costas”, afirmou.

Questionado sobre a crise que a capital enfrenta, o parlamentar foi incisivo: “A Saúde passa por problemas”. “Tem a questão da falta de leitos de UTI, a população carece de atendimento com melhor qualidade”, explicou.

Paulo Daher, inclusive foi eleito vice-presidente da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga a situação da Saúde na cidade.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.