Paulo Cezar Martins defende que MDB terá candidato ao Governo do Estado e nega aproximação com Caiado

Segundo o deputado, Daniel Vilela, Gustavo Mendanha e Sandro Mabel são possíveis nomes que podem disputar o executivo estadual nas eleições de 2022. E Iris Rezende seria um nome do partido para ser candidato a senador

O deputado estadual Paulo Cezar Martins (MDB), pré-candidato a reeleição, defende que o partido terá candidatura ao governo de Goiás nas eleições de 2022. Nos bastidores, tem se falado da possível aliança do MDB para a reeleição do governador Ronaldo Caiado (MDB). Inclusive, lideranças da sigla, como o ex-deputado Agenor Mariano, já teriam se reunido com o chefe do executivo. “O MDB tem uma história e uma militância para ter candidato próprio ao governo. Eu não estou aproximando do governador”, afirmou Paulo Cezar Martins.

O deputado se referiu como possíveis candidatos ao governo de Goiás, o presidente estadual do MDB e ex-deputado federal, Daniel Vilela, que disputou o cargo em 2018 e foi o segundo mais bem votado com 479.180 votos, representando 16,14%; o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha e o presidente da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg) e ex-deputado federal por Goiás, Sandro Mabel. “Eu não vejo hoje o partido com o legado que tem de não ter candidato. Tem que exaurir esses nomes para ver se viabilidade de fazer aliança ou não”.

Sobre o Iris Rezende, Paulo Cezar Martins, disse que o ex-prefeito ainda está definindo seu futuro na vida política. Iris chegou a anunciar sua aposentadoria após encerrar o mandato de prefeito por Goiânia. “É um nome do partido para ser candidato a senador. Como qualquer outro nome do MDB que tem história, a exemplo do senador Luiz do Carmo que tem legitimidade para também ser candidato”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.