Paulinho Graus indica que PDT, com nome próprio, quer ser protagonista na eleição em Goiânia

Pré-candidato do partido a prefeito da capital, vereador afirma que, depois de anos apoiando candidaturas de Iris, é hora da sigla mostrar sua voz

Vereador Paulinho Graus (PDT) | Foto: Alberto Maia / Câmara Municipal

Presidente do PDT em Goiânia, o vereador Paulinho Graus, após quatro mandatos na Câmara Municipal, se lança pré-candidato a prefeito da capital na eleição deste ano. “Vim a entender que as transformações acontecem no Executivo”, disse, sobre a decisão do ponto de vista pessoal. Ele diz se sentir com experiência para tentar o cargo, após a atuação como vereador. “Há 49 anos moro no mesmo bairro (Balneário Meia Ponte), sou uma pessoa de bairro, convivo com a sociedade e os problemas dos bairros”, pontuou.

Neste sentido, Paulinho diz que o projeto que pensa para sua atuação na Prefeitura tem como foco os bairros de Goiânia. “Vai pensar os bairros de fora para dentro. Os bairros nobres estão bem consolidados ; agora, tem bairros que estão precisando de muita infraestrutura, de transporte, saúde, educação, segurança”, lembra.

O vereador afirma que depois de anos apoiando candidatura de Iris, o PDT vai tocar projeto com nome próprio este ano. “São várias eleições que somos aliados do prefeito Iris Rezende, do MDB. Não foi uma só não. E hoje nós tomamos a decisão que o PDT tem que ter um nome, temos que construir a nossa história”, lembrando a trajetória do partido no Brasil também, como partido histórico. “Com administrações que foram resultado para um Brasil inteiro; escola de tempo integral surgiu com o PDT”, citou.

Sobre a oposição a Iris, o vereador adota tom respeitoso e diz que “nós nunca somos oposição ao Iris, respeitamos o legado dele, entendemos que seu trabalho está na história, mas decidimos dentro do partido que chegou a hora do partido mostrar nome, sua voz o que ele tem para oferecer para a cidade”, disse, assinalando que, este ano, a sigla quer protagonismo na eleição.

Em relação a fazer campanha na pandemia, Paulinho Graus reconhece que a campanha será diferente e “única”. “Mudou prazos, a forma de fazer. Vamos ter que trabalhar muito com as redes sociais e com a televisão, com ideias inovadoras e propositivas”, disse. “A população não vai ficar ouvindo qualquer coisa, vai estar atenta”, disse.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.