Patrícia Carrijo é empossada presidente da Asmego

Solenidade contou com a presença do governador Ronaldo Caiado, prefeito Iris Rezende, presidente do TJ-GO, Walter Carlos Lemes, deputado estadual Lissauer Vieira e vários outros

Posse da nova diretoria da Asmego para biênio 2020/2021 / Foto: Divulgação / Secom

Com 51 anos de atuação dentro do estado de Goiás, a Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego) empossou, nesta sexta-feira, 31, a nova presidente eleita para o biênio 2020/2021, a juíza Patrícia Carrijo. O antecessor, Wilton Müller, fez um balanço de sua gestão e elogiou a nova presidente. Ele usou adjetivos como “firme” e com perfil “colaborativo” para descrever a sucessora.

Patrícia é a primeira mulher a assumir a presidência da Asmego. A composição das chapas para a eleição também foi inédita, pois a disputa foi entre duas mulheres. Além de Patrícia, a juíza Fláviah Lançoni também disputou a cadeira na entidade. Compõem a nova diretoria o juiz Átila Naves Amaral, como 1º vice-presidente; e o desembargador Homero Sabino de Freitas, 2º vice-presidente

A solenidade contou com a presença do governador Ronaldo Caiado, que também discursou em favor da nova presidente. “É uma mulher corajosa, determinada e que está preparada para o desafio”, ponderou. Ainda, destacou a juventude da empossada. “Acredito na ousadia dos jovens, e na capacidade de superar obstáculos.”

Também estiveram presentes o prefeito Iris Rezende (MDB), o presidente do TJ-GO, Walter Carlos Lemes, o presidente da Alego, deputado estadual Lissauer Vieira, dentre outros. Lissauer ainda reforçou a harmonia entre os poderes Legislativo e Judiciário. “Os Poderes estão unidos em prol da nossa população. As portas do Legislativo estão abertas para a Asmego”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.