Pastor de Goiânia envolvido em suposto esquema do MEC posta vídeo em reposta aos fiéis

Sem citar caso, Gilmar Santos fala em “viver a verdade” para rebater acusações

Pastor Gilmar Silva dos Santos, envolvido em escândalo no Ministério da Educação (MEC), publicou um vídeo nas redes sociais aos fiéis nesta quarta-feira, 23. Nele, o religioso não cita a polêmica relacionada ao chamado “gabinete paralelo”, onde estaria tendo influência para direcionar para municípios verbas federais da pasta do ministro Milton Ribeiro. 

“Aqui está o mesmo pastor Gilmar Santos, convivendo com a verdade, para falar a verdade e viver a verdade. Então, meus queridos irmãos, podem ficar alegres com a sua família, com seus colegas de trabalho, de escola, porque esse servo de Deus, a quem Deus sempre usou para ministrar a palavra dele, a cura e a inspiração, é o mesmo que está aqui”, disse no vídeo, Gilmar, que é líder da Assembleia de Deus Ministério Cristo para Todos, com sede na Capital. Ele destacou que é “pregador há mais de 40 anos”. 

O suposto “gabinete paralelo” comandado pelo pastor surgiu após a divulgação de um áudio atribuído ao Ministro da Educação, afirmando que uma das prioridades da pasta é o atendimento de pedidos de Gilmar, sob orientação do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). “Porque a minha prioridade é atender primeiro os municípios que mais precisam e, em segundo, atender a todos os que são amigos do pastor Gilmar”, cita trecho da gravação. “Foi um pedido especial que o presidente da República fez para mim sobre a questão do Gilmar”, acrescentou Ribeiro, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo. 

Ribeiro, por meio de nota, negou que tenha determinado qualquer alocação de recursos públicos para favorecer qualquer município. Segundo o ministro, o presidente Jair Bolsonaro não teria pedido para que os pleitos dos pastores fossem atendidos, apenas que todos os indicados por eles fossem atendidos.

Nas redes sociais, Gilmar gosta de expor relações com o poder, ao divulgar imagens com figuras importantes da política. Há imagens dele ao lado do deputado federal João Campos e do deputado estadual Jeferson Rodrigues, os dois pertencentes ao partido Republicanos. Em uma das postagens, o pastor publicou um vídeo de Campos o parabenizando pelo aniversário. Em outra, com o deputado em reunião com o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, em dezembro de 2021.

Para João Campos, o assunto é uma “tempestade em copa d’água. De acordo com o deputado, Ribeiro tem amizade com Gilmar e com outros pastores e políticos do país, assim, se a pauta é de interesse público, não há problema em um ministro de Estado receber uma pessoa, embora isso ocorra mais de uma vez.

3 respostas para “Pastor de Goiânia envolvido em suposto esquema do MEC posta vídeo em reposta aos fiéis”

  1. Avatar José Pinto de Albuquerque disse:

    Tudo fofoca da oposição visando desgastar a imagem do governo Bolsonaro

  2. Avatar José Pinto de Albuquerque disse:

    Vcs podem procurar até mas não vão encontrar nada quem possa manchar a imagem do governo Bolsonaro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.