Partidos iniciam discussões para fusão com outras legendas

Por sobrevivência, siglas que não atingiram cláusula de barreira terão que se unir

Zé Nelto é do Podemos, partido que pode se fundir a outras siglas futuramente | Foto: Divulgação

Wilton Morais, especial para o Jornal Opção

Após as eleições gerais de 2018, 14 partidos brasileiros não atingiram as chamadas cláusulas de barreira e, por isso, perderam para os próximos pleitos, tempo de TV e recursos do fundo partidário. Por este motivo algumas siglas já estão se organizando para incorporar a outros partidos, e assim, garantir força e representatividade para as próximas eleições.

O vereador Eduardo Prado (PV) e eleito deputado estadual em Goiás, porém, se posicionou favorável às cláusulas de barreira. “Temos muitos partidos no Brasil, e com essas cláusulas temos o caminho para o fim das coligações partidárias, e adiantamos a reforma política no País. Muitos partidos geram inconsistência e deixa certas siglas sem voz. Então teremos um passo positivo”, destacou.

Na visão de Prado, o candidato com mais voto será eleito, independente de seu partido. “O fundo partidário tem que ser distribuído de forma igual para os candidatos. Da forma que observamos hoje, esses recursos ficam direcionados para determinado candidato escolhido pelo presidente do partido, mas com a mudança isso deve mudar. É um principio de igualdade”, completou.

Incorporação

Ainda de acordo com Eduardo, ainda não ficou definido com o diretório nacional e estadual sobre a possível fusão com o partido Rede Sustentabilidade. “Ainda vamos agendar uma reunião com o diretório nacional para saber como vai ficar e como será feito essas mudanças”, disse Eduardo Prado, do PV.

Os deputados estaduais Zé Nelto e Lívio Luciano, do Podemos, aguardam reuniões de seu partido para definirem a possível incorporação ao PRP, que também não atingiu as cláusulas de barreira. “Vamos ter uma reunião com o nosso partido para definir esse assunto e fazer uma avaliação. Nada definido ainda”, informou Lívio.

Apesar disso, Zé Nelto (Podemos), esclareceu que o partido já está analisando os possíveis incorporados. “Estamos observando para ver os que vamos receber. Já abrimos a ata para estar recebendo novos partidos. A partir da semana que vem tem possibilidade de fundir com PHS e outros. Procuramos o PRP e Patriotas. Semana que vem temos reuniões que podem trazer novas definições”, avisou o deputado eleito, Zé Nelto.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Elson Caetano

O Partido Verde podia se fundir com a Rede da Marina, criando o REDE VERDE, pois o meio ambiente precisa de um partido no Congresso Nacional.