Parte do lucro de R$ 8,5 bilhões do FGTS será distribuído aos trabalhadores até o dia 31 de agosto

Valor que cada um deverá receber ainda não foi definido 

Lucro do FGTS será distribuído entre os trabalhadores. | Foto: Reprodução internet.

Diante do lucro de R$ 8,5 bilhões do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), parte desse valor será distribuído entre os trabalhadores do país. A divisão dos valores deverá ser menor do que a do ano passado, uma vez que o lucro caiu 25% em 2020, indo de R$ 11,32 bilhões para R$ 8,5 bilhões. O valor do lucro é sempre referente ao ano anterior.

De acordo com o Ministério da Economia, essa queda se deu devido aos impactos da pandemia de covid-19, a qual acarretou no aumento do número de desempregados no Brasil. 

Em uma reunião que deverá ocorrer no próximo dia 17, o Conselho Curador do FGTS irá definir a quantia que deverá ser dividida entre todos que receberão o benefício. Se a média de 66,3% do ano passado for mantida, o valor distribuído poderá chegar a R$ 5,9 bilhões.

A Caixa Econômica Federal informou que todos os depósitos serão feitos até o último dia do mês de agosto. Os valores repassados serão proporcionais ao saldo positivo no último dia do ano passado, mas essa proporção ainda não foi definida. 

Todas as contas ativas e inativas, de emprego atual e de anteriores que o trabalhador possuir, terão o bônus acrescentado, desde que estejam com saldo positivo. Não é necessário ter feito contribuição no ano anterior. Já as regras para o saque permanecem sendo: três anos sem emprego com carteira assinada, fim do contrato por prazo determinado e compra da casa própria, por exemplo. O extrato do FGTS pode ser consultado por meio do site https://www.caixa.gov.br/extrato-fgts ou pelo aplicativo FGTS, disponível no Google Play ou App Store.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.