“Pareceu mais um velório do que uma convenção partidária”, diz Adib sobre eleição do MDB

Prefeito de Catalão busca instrumento jurídico para reverter resultado da convenção e diz que não entregará os pontos

Foto: Rafael Oliveira / Jornal Opção

O prefeito de Catalão, Adib Elias (MDB), falou ao Jornal Opção sobre a eleição do Diretório Estadual do MDB realizada no sábado, 19, que reelegeu o presidente Daniel Vilela. Para o emedebista da ala caiadista, a sigla em Goiás tem dono, mas reiterou que ele e outras lideranças irão buscar instrumentos para reverter o resultado da convenção.

“O partido MDB tem dono em Goiás, que é o Daniel Vilela. Ele fez o número de diretórios que quis e convocou a eleição sem dar prazo para ninguém montar chapa”, avaliou Adib.

O prefeito de Catalão também falou sobre a liminar que foi derrubada por Daniel, garantindo uma eleição às pressas para garantir sua retomada à presidência, disse Adib.

“Após quebrarem a liminar fizeram uma eleição que pareceu mais um velório de um ente querido do que uma convenção partidária”, explicou o prefeito que, juntamente com outros colegas insatisfeitos com a condução da convenção, estuda instrumentos jurídicos para a anulação da eleição.

À reportagem, Adib disse ainda que está tranquilo e acredita que a equipe jurídica conseguirá reverter o que ele considera um erro. “Não entregaremos os pontos. Buscaremos a seriedade e democracia que o MDB merece.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pedro

E a segunda que o Adib perde para os Vilela