Para presidente da Saneago, lei que abre mercado da estatal apenas atualiza o que já era permitido

Ricardo Soavinski explicou que a venda de ações é autorizada desde a criação da empresa

O presidente da empresa de Saneamento de Goiás (Saneago), Ricardo Soavinski, falou sobre o projeto de lei que permite a venda de 49% das ações da Saneago, que tramita na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

Soavinski reforçou que não se trata de uma autorização, já que isso está previsto desde a criação da empresa. Para ele, o envio da Lei trata-se apenas de uma atuialização.

“Primeiro tem que esclarecer que não é uma nova lei, não está se autorizando, já está autorizada há mais de 50 anos, quando foi criada a empresa. A lei encaminhada para Assembleia é apenas para atualizar às práticas de mercado de hoje em dia” explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.