Para prefeito de Senador Canedo, decisão sobre extensão do Eixo não pode se dar de forma irresponsável

Divino Lemes afirma que a prefeitura tentará agenda com Caiado sobre o assunto, por meio do deputado Julio Pina, representante da região 

Foto: Reprodução

Em entrevista ao Jornal Opção, o prefeito de Senador Canedo, Divino Lemes (PSD), comentou as declarações do presidente da Metrobus, Paulo César Reis, no sentido de acabar com o benefício da extensão do Eixo Anhanguera até os municípios de Trindade, Goianira e Senador Canedo.

Para ele, existem dois fatores predominantes nessa iniciativa. O primeiro deles é o fator econômico. “Se o Estado quer resolver a questão econômica ele precisa tomar algumas medidas. Acho correto que o governo assuma suas responsabilidades e vejo isso com naturalidade”, disse.

O segundo fator, para ele, é o povo. “Nós, como políticos, temos responsabilidades conjuntas. Evidentemente essa medida irá gerar impacto para as pessoas da nossa região, então precisamos tratar tudo isso com responsabilidade”.

O prefeito disse que está tentando uma agenda com o governador Ronaldo Caiado (DEM) por meio do deputado Júlio Pina (PRTB) — representante da região. “Estamos aguardando os próximos passos do deputado. A nossa pretensão é encontrar o governador para que possamos defender as pessoas, afinal, fomos eleitos para isso. Nada pode ser feito de maneira irresponsável ou fantasiosa”, disse.

Por fim, questionado sobre a possibilidade de suspensão do serviço se concretizar, o gestor disparou: “Tudo é possível se houver vontade. Então, acredito, sim”. A reportagem tentou contado com o deputado Júlio Pina, no entanto, o parlamentar não foi localizado. 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.