Para prefeito de Jataí, criação da UFJ reflete fortalecimento de Goiás na área educacional

Cerimônia de posse dos novos reitores ocorreu no Ministério da Educação, em Brasília 

Prefeito Vinícius Luz / Foto: Lívia Barbosa/Jornal Opção

Tomou posse na última quinta-feira, 12, o reitor pro tempore — temporário — da Universidade Federal  de Jataí (UFJ), Américo Nunes da Silveira Neto. A cerimônia foi realizada em Brasília. Já a nomeação foi publicada no Diário Oficial da União da última quarta-feira, 11.

O prefeito do município de Jataí, Vinícius Luz (PSDB) acompanhou a cerimônia de posse no Ministério da Educação em Brasília. Para ele, esta é uma vitória não só para o município, mas para Estado. “Goiás ganha muito com isso. Agora, ao invés de uma, temos três universidades. Sem contar os institutos federais. Isso mostra o fortalecimento do nosso Estado na área educacional”, disse.

A nova universidade surgiu do desmembramento da regional de Jataí da Universidade Federal de Goiás (UFG). O reitor pro tempore será responsável pela elaboração de uma proposta de estatuto e pelo estabelecimento das condições para a escolha dos reitores definitivos.

O ministro da educação Abraham Weintraub, o objetivo da criação dessas universidades é que elas se transformem em “centros de excelência modernos”. Além da UFJ, foram criadas a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape), a Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) e Universidade Federal de Catalão (UFCat).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.