Para Marconi, punições de maus políticos fortalecem a democracia no Brasil

Governador participou de inauguração de Unidade de Pronto Atendimento em Catalão, ao lado do prefeito Jardel Sebba

Governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), durante discurso de inauguração de unidade de saúde em Catalão | Foto: Gabinete Imprensa

Governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), durante discurso de inauguração de unidade de saúde em Catalão | Foto: Gabinete Imprensa

O governador Marconi Perillo (PSDB) voltou a manifestar esperança de que o Brasil, diante da ação da Justiça, que tem sido implacável na punição de empresários e políticos envolvidos em atos de corrupção, saia fortalecido da crise moral e econômica em que se encontra. O momento, segundo Marconi, ainda é de preocupação. “Quando acessamos os órgãos de informação, nos deparamos com muitas crises. São 12 milhões de brasileiros sem emprego. Vivemos a maior crise econômica da história do Brasil, inflação, juros altos, carestia. As pessoas desanimadas, sem esperança. Em compensação, a justiça está agindo. Nunca tantos medalhões, empresários e políticos foram condenados e presos como agora. A democracia no Brasil está se fortalecendo. As instituições estão punindo os maus políticos e os maus brasileiros”, comentou.

A declaração foi feita na noite da última sexta-feira (10/6), diante de um público estimado em 10 mil pessoas que compareceu ao descerramento da placa inaugural da Unidade de Pronto Atendimento – UPA – de Catalão, feito simbolicamente em palanque armado na entrada do Complexo Ecológico Municipal Maria Pires Perillo, recentemente inaugurado com a presença do governador Marconi Perillo. “Enquanto muitos estão expostos pelos seus maus feitos, nós estamos aqui entregando a maior UPA da América Latina”, elogiou.

O governador disse ter orgulho de ter 17 hospitais estaduais que “são, modéstia à parte, os melhores hospitais públicos do Brasil. Eu já construí grandes hospitais de urgência que hoje são administrados com humanização, com respeito às pessoas e ao dinheiro público”.

O prefeito Jardel Sebba (PSDB) fez um histórico de sua administração, atribuindo o sucesso dos últimos dois anos de sua gestão aos exemplos do governador Marconi Perillo. Muitos dos programas sociais implantados na atual administração de Catalão se inspiraram em experiências que deram certo no governo do Estado.

Colocada em funcionamento no último dia 1 de junho, a UPA de Catalão funciona 24 horas e conta com 23 leitos. Tem capacidade para exames, atendimento em cardiologia e urgência em todas as áreas, sempre com médicos de plantão. A obra contou com recursos financeiros do Governo Federal (R$ 1 milhão e 400 mil) e também da Prefeitura de Catalão (R$ 4 milhões e 100 mil). De acordo com o prefeito Jardel Sebba, em apenas oito dias, a UPA recebeu 1.639 pacientes.

Catalão passa a contar com quatro novas UBS’s, construídas na gestão de Jardel Sebba (PSDB). As outras unidades, já entregues e em funcionamento, estão localizadas nos bairros Evelina Nour, Pontal Norte e Castelo Branco. Além dessas, serão inauguradas as Unidades Básicas de Saúde do Bairro das Américas e do Copacabana.

As UBS’s contemplam uma equipe de Atenção Básica, com médico, odontólogo, enfermeiro, técnico de enfermagem, nutricionista, fisioterapeuta e agentes de saúde. Os principais serviços oferecidos são prevenção, imunização, clínica geral, ginecologia, odontologia, além de atendimento especializado a grupos de tabagismo, diabéticos e hipertensos, gestantes e crianças, hanseníase, tuberculose, obesidade e trabalhos junto às escolas. (Com Gabinete Imprensa)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.