Terceiro lugar mostra capacidade de crescimento, diz Gomide

Ex-prefeito de Anápolis disse que esse é o momento mais importante para se tornar conhecido. Programas de rádio e TV começam no dia 19 de agosto

Para Antônio Gomide, o fator essencial para a elevação foram as visitas nos municípios | Foto: Reprodução/Twitter

Para Antônio Gomide, fator essencial para a alta foram as visitas aos municípios | Foto: Reprodução/Twitter

O candidato do PT ao governo estadual, Antônio Gomide, comemorou o crescimento dele na pesquisa de intenção de votos divulgada nesta sexta-feira (14/8). O petista alcançou 4% no estudo espontâneo, se comparado ao levantamento do dia 3 de agosto. Com isso, ele aparece em terceiro lugar, na frente do ex-prefeito de Vanderlan Cardoso (PSB). Atualmente, o pessebista tem 2%, contra os 4% vistos no início do mês.

“Esse é o momento mais importante para tornar-se conhecido”, pontuou Antônio Gomide ao Jornal Opção Online. O político disse que a conquista demonstrou a capacidade de crescimento de sua candidatura e da aprovação de seu nome. “Entramos nessa nova marca com capacidade de crescer. Foi um sinal de mudança no patamar que interessa”, avaliou.

O político destacou a baixa rejeição e ressaltou o fato de que a população irá definir o voto com o início dos programas de rádio e televisão. As propagandas começam no próximo dia 19. “É na véspera que as pessoas conhecem”, concluiu.

Para Antônio Gomide, o fator essencial para a elevação foram as visitas aos municípios e a credibilidade que passou durante sua gestão no Paço Municipal anapolino. O nome do PT ao Palácio das Esmeraldas relatou que as viagens, aliadas às propostas que serão apresentadas nos programas, resultarão em números mais expressivos.

Ainda no cenário espontâneo, o governador Marconi Perillo (PSDB) tem 29%, e é seguido por Iris Rezende (PMDB), com 16%. No último estudo, o tucano teve 21% e o peemedebista, 12%.

No entanto, Antônio Gomide teve queda de 1% no levantamento estimulado. O governador lidera com 41% das intenções de voto, seguido pelo decano peemedebista, com 28% — uma vantagem de 13 pontos porcentuais. Vanderlan Cardoso também teve queda, de 6% para 8%.

Os outros candidatos registraram 1%, mesmo porcentual do estudo passado. Brancos e nulos somaram 10% (antes eram 13%). Enquanto isso, o total dos que não souberam responder ou não responderam abaixou: de 46% para 38%.

A pesquisa Ibope/TV Anhanguera foi realizada entre 10 e 12 de agosto, com 812 votantes.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.