Para evitar espera na apuração, eleição ocorrerá em horário único em todo o país

Ao considerar os horários locais, estados iniciarão o processo em horas distintas; no Acre, as urnas abrirão às 6h

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, nesta terça-feira, que em 2022, o processo eleitoral irá começar e terminar ao mesmo tempo em todos os estados brasileiros e no Distrito. Desse modo, não serão considerados os fusos horários de cada região. O objetivo, de acordo com o órgão, é evitar espera na apuração.

“Diante desse cenário, e em prestígio à transparência que deve informar todo o processo eleitoral e as atribuições desta Justiça Eleitoral, voto no sentido da unificação dos horários de início e encerramento da votação, em todas as unidades da federação, sem exceção, as quais observarão o horário oficial de Brasília, permanecendo inalterados os horários de votação no exterior”, afirmou o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin.

A partir da decisão, pensando nos horários locais, estados iniciam e finalizam o processo eleitoral horários distintos. Nos estados que seguem o horário de Brasília (Amapá, Pará, Maranhão, Tocantins, Goiás, Distrito Federal, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe), a votação ocorre de oito da manhã às cinco horas da tarde.

No Acre, será irá de seis horas da manhã às três horas da tarde, no horário local. No Amazonas, Roraima, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o processo começa às sete da manhã e é finalizado às quatro horas da tarde. Já em Fernando de Noronha, a votação ocorre de nove horas da manhã às seis horas da tarde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.