Para Dilma Rousseff, seleção brasileira está acima da política

Opinião foi relatada em artigo, em que lembra que na ditadura muitos que eram contra o regime diziam que opositores fortaleceriam sistema se torcessem pelo time

A presidente Dilma Rousseff (PT) disse que a seleção brasileira está acima de governos, de partidos e de interesses de qualquer grupo. Para ela, o time representa a nossa nacionalidade. “Está acima de governos, de partidos e de interesses de qualquer grupo. Ontem, hoje e sempre, o povo brasileiro ama e confia em sua seleção”, avaliou ela, em artigo divulgado neste domingo (15/6), no Blog do Planalto.

A petista lembrou que estava na cadeia em 1970, ano em que o Brasil conquistou o tricampeonato mundial. “Naquela época, havia segmentos que diziam: ‘Se você torcer pelo Brasil, você estará fortalecendo a ditadura’. Isso era uma sandice. Para mim, o dilema nunca existiu.”

Dilma lembrou ainda que, naquela época, muitas pessoas que faziam oposição ao regime militar começaram a levantar a questão de que os opositores fortaleceriam a ditadura se torcessem pela seleção. “Eram muitas pessoas, no início. Elas foram diminuindo progressivamente. Até que não sobrou ninguém. Com o decorrer dos jogos, todos os que estavam na cadeia e os que estavam fora torceram de forma apaixonada pela seleção brasileira.”

“Vivíamos sob uma ditadura. Não havia direito de manifestação, direito de organização, direito à divergência. Havia tortura, perseguição e repressão. Mas essa nunca foi a questão. Eu e as minhas companheiras de cela nunca tivemos dúvidas e todas torcemos pelo Brasil, porque o futebol está acima da política”, acrescentou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.