Para Coronel Adailton, atraso no salário do servidor é medida política de Caiado

Deputado eleito avalia que governador está tentando desqualificar gestões passadas às custas do trabalhador

Foto: Divulgação

O deputado estadual eleito Coronel Adailton (PP), que tem sido um dos parlamentares que mais se pronunciaram sobre o atraso da folha de dezembro do servidor do Estado, disse ao Jornal Opção que essa dívida com o trabalhador é uma medida política do governador Ronaldo Caiado (DEM).

Ele avalia que o democrata está se recusando a pagar para desqualificar os governos anteriores. O deputado, que também é servidor do Estado, ainda acredita que a luta de Caiado para que Goiás entre no Regime de Recuperação Fiscal (RRF) do Governo Federal tenha o mesmo objetivo.

“É uma vergonha, um descalabro de um governador que disse que estava preparado. Ele está pensando que nós somos mendigos?”, diz sobre a polêmica ideia de comprar fiado. “Estamos buscando receber o mês trabalhado e ele quer dar um calote porque ainda está com discurso de campanha”, pontua.

O coronel ainda conta que, além dele, sua esposa é policial militar e tem visto, nos grupos em que participam, a insatisfação da categoria com o novo gestor. “Ele está deixando a desejar em tudo o que o servidor esperava dele, a maioria de nós votou nele”, reitera.

Adailton também relata que muitos dos eleitores de Caiado agora se questionam se não “trocaram o certo pelo duvidoso”. “Eu, como deputado estadual, eu torço muito e tenho muita fé em Deus que o governo vai dar certo, ele é o governador dos goianos, mas o caminho que está tomando, com esse secretariado todo de fora, não vai chegar a lugar nenhum”, avalia.

O parlamentar ainda destacou que, em sua experiência como funcionário público, não vê o Estado tão quebrado como o governador afirma que está. “Tem dificuldades, mas o salário nunca atrasou, começou isso agora. Em outros estados, que entraram na RRF, o pagamento é parcelado há anos, então entrar nesse programa é uma medida política a meu ver”, disse.

Como integrante da Assembleia Legislativa, Adailton garante que terá um posicionamento independente. “Mas com grandes chances de ir para a oposição”, sublinha.

18 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
16 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nazaré Diniz

Pela primeira vez votei no Caiado acreditando que ele era capacitado para governar o Estado de Goiás, em pouco tempo descobri que me enganei?? Caiado precisa descer do palanque! Não pagar a folha de dezembro é uma falta de respeito com as famílias que dependem desse dinheiro para sobreviver. Nunca me arrependi tão rápido de ter votado em alguém! Com certeza ñ terá mais o meu voto! Muitos colegas da educação pensam da mesma forma

SAMUEL

Infelizmente a começou mal a Gestão do Senhor Ronaldo” Calote” com essa briguinha política está deixando um legado horrível da sua gestão.

Reginaldo

Gostei da posição do deputado . Isso mesmo deputado. O servidor não é mendigo. Somos trabalhadores e queremos receber o que é justo : o nosso salário

Joaquim Ribeiro

??parabéns deputado coronel Adailton pela postura e independência , o senhor está demostrando que honrará os votos recebidos para o legislativo do nosso estado.

Joaquim Ribeiro

Parabéns deputado Cel Adaiton , o senhor tem demostrado independência e coerência.
Com certeza irá honrar os votos recebidos para o legislativo goiano

Jussara

Eu por toda vida votei em Marconni para governo e dessa vez apostei as fichas na figura do governador eleito. E cri que seria uma mudança para melhor de cara…rico, instruído, fluente, experiente, inteligente e etc… E ainda acredito que possa usar todos seus méritos e honrar nossa confiança…mas iniciou-se deixando nos viver um verdadeiro VALE! Situacão financeira pior eu ainda não havido passado. Trabalhei muito com determinação, empenho e afeto e não ter recurso hoje de comprar um pão… É muito doloroso!!! É estar no vale e com total injustiça… Se eu soubesse passar por isso, teria tomado outra… Leia mais

Wederson da Silveira Cássia

Ronaldo Caiado, pregou o combate a corrupção na sua campanha. Agora no seu primeiro ato, meteu a mão no salarios dos servidores.

Ruben

Nao pagar servidor para denegrir a imagem do governo anterior nao tem nada de estado quebrado duvido queZe Eliton tivesse ganhado pagamento estaria em dia…

Antonio

Insatisfação total do nosso pessoal tbm

Carolaine Mendes silva

Quem não sabe que A culpa e Zé Eliton e Marconi
Não adianta tirar o deles da reta não!!!! senhor deputado

Carolaine Mendes silva

Tudo farinha do mesmo saco
Esse deputado tá defendendo o que
Vai lá na casa do marconi e pede pra ele devolver o dinheiro do povo

SUELENE FRANCISCO PEREIRA

Nós funcionários públicos viramos maquete na mão desse governo que pensa iremos sobreviver comprando fiado e não horando nossos compromissos , trabalhamos integralmente e queremos nosso salário integral .

Francisio Nobre de Jesus

Muito bom Coronel. O Senhor está coberto de razão em seus posicionamentos. Além do que, foram quase três meses de transição para não conseguir nem mapear os problemas. Um absurdo.

Marco Antonio

Concordo com vc Adailton só tivemos atrasos no pagamento nos governos de Henrique Santilo e Iris Rezende no Governo de Marcone Perilo e José Eliton recebemos sempre em dia apesar de ze ter sacaneado conosco não empenhando a folha de Dezembro pagou juizes promotores e outras secretárias que podem de uma forma pu de outra prejudicar governadores na forma da lei nós voltamos ao tempo em que Iris Rezende disse uma vez jogar sal em carne que já esta estragada não adianta votei nesse Caiado minha família pedi votos a amigos e agora estamos sentindo os reflexos tomara que vc… Leia mais

Dalmo cavalcante

Parabéns deputado por falar à verdade que todo goiano sabe de cor e salteado.

Denis Robson

Muito bem, nobre deputado.

Junior Sales

Isso é uma palhaçada com o servidor público. Sou policial e minha esposa também. Estamos sem salário, minha esposa sem 13º salário e ainda gestante no oitavo mês. Minha esposa está na carência do IPASGO e o parto da minha filha pode ser a qualquer momento e estamos sem dinheiro para arcar com o parto. É um absurdo, tivemos que pegar dinheiro emprestado a juros para arcar com despesas básicas, como alimentação e combustível… Não queremos nenhuma regalia, apenas receber pelo mês trabalhado. Governador, não nos trate como palhaços, respeite o povo que o elegeu. Respeite os nossos direitos básicos.… Leia mais

André Luiz Alves

Parabéns comando pelo posicionamento q o Sr tomou ,esse governo tá nos tempos que à família Caiado impua à arrogância e hoje vivemos em tempos diferentes, alguém tem que fala isso pra ele ,ELE TÊM QUE EVOLUIR.