Papa Francisco sinaliza estar aberto a permitir que homens casados sejam padres

Em entrevista, o líder da Igreja Católica afirmou que a falta de padres é um “enorme problema” e que as regras para os clérigos poderiam ser alteradas

Mudança não atingiria padres que já fizeram os votos de celibato | Foto: reprodução/Facebook

O jornal alemão “Die Zeit” publicou, nesta quinta-feira (9/3), uma entrevista com o papa Francisco em que o líder máximo da Igreja Católica afirmou que está aberto a estudar a possibilidade de homens casados se tornarem padres. Segundo a CNN, a medida seria tomada para combater o baixo número de clérigos atua.

O papa afirmou que a escassez de padres é um “enorme problema” para a Igreja. “Precisamos considerar se ‘viri probati’ [homens casados, aposentados e vinculados à Igreja] podem ser uma possibilidade. Caso sejam, precisaríamos determinar quais seriam seus deveres, por exemplo, em áreas remotas”, defendeu.

De acordo com o papa, essa mudança permitiria que homens casados se tornem clérigos, mas não que os padres que fizeram votos de celibato possam se casar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.