Papa Francisco diz que regras quanto ao celibato de padres pode mudar

Foto: Alessandro Bianchi / Reuters

Foto: Alessandro Bianchi / Reuters

Mais uma vez o papa Francisco surpreende com ações e pensamentos diferentes dos normalmente vistos dentro da Igreja Católica. O papa argentino que prega uma vida livre de preconceitos disse que as regras referentes ao celibato do clero podem mudar. O líder religioso afirmou que o tema pode ser discutido, por não se tratar de um dogma, mas sim “um dom para a Igreja”. A igreja já havia admitido que celibato não é um dogma, como deve ser, por exemplo, a fé de que Maria era virgem quando ficou grávida de Jesus Cristo.

A declaração foi feita na última segunda-feira (27/5) em entrevista coletiva no avião que levava o papa de Israel para Roma. Francisco lembrou que na Igreja Católica há padres casados. “Existem no rito oriental. O celibato não é um dogma de fé, é uma regra de vida que eu aprecio muito e creio que seja um dom para a Igreja”, e completou: “Não sendo um dogma de fé, a porta está sempre aberta.”

Durante a viagem, o pontífice se encontrou com o patriarca ortodoxo grego de Constantinopla, Bartolomeu I, na Basílica do Santo Sepulcro, em Jerusalém. O papa Francisco disse que não tratou do celibato com o ortodoxo, e que o tema da conversa com o líder cristão oriental foi a unidade entre as duas igrejas.

Sobre as mudanças que tem sido discutidas durante seu papado, o papa afirmou que a família hoje está em crise e algumas questões devem ser estudadas. “Os jovens não querem casar. É preciso estudar os procedimentos de nulidade matrimonial, estudar a fé com que uma pessoa se aproxima do matrimônio.” Papa Francisco continuou falando sobre questões referentes a mudanças na exclusão da comunhão dos divorciados que se casam novamente. “É preciso esclarecer que os divorciados não estão excomungados… E muitas vezes eles são tratados como se estivessem.” As informações são do O Estado de S. Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.