Na inauguração do Palácio Maguito Vilela, Rogério Cruz diz que substituí-lo aumenta a responsabilidade com Goiânia

Casa já estava em funcionamento desde março, mas só agora teve evento de abertura

Em funcionamento desde março deste ano, a nova sede da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) foi inaugurada na manhã desta quarta-feira, 27, no Parque Lozandes, em Goiânia. A entrega oficial da casa foi feita pelo presidente da Alego, Lissauer Vieira (PSD), que reiterou homenagem ao ex-governador Maguito Vilela, que dá nome ao Palácio. O evento também contou com a presença do governador Ronaldo Caiado (UB), da primeira-dama Gracinha Caiado, do prefeito Rogério Cruz (Republicanos) e do filho de Maguito e pré-candidato a vice-governador do estado, Daniel Vilela (MDB), além de parlamentares que atuam na casa e outras lideranças políticas.

Durante a solenidade, houve inauguração de um busto de Maguito Vilela, localizado à frente da entrada principal do Palácio. Para Rogério, que sucedeu Maguito após o falecimento do prefeito eleito de Goiânia, vítima do Coronavírus (Covid-19), a homenagem é merecida pela grandeza das contribuições que ele conquistou para Goiás. O prefeito disse, inclusive, que ter assumido o posto de Maguito aumenta a responsabilidade que ele tem na administração de Goiânia. “Maguito Vilela foi o homem que eu tive a honra de substituir neste momento tão importante para a cidade de Goiânia e difícil ao mesmo tempo, por tudo o que ele passou, por tudo o que ele fez pelo Estado de Goiás, no cenário nacional, quando deputado federal, quando deputado estadual. O que ele deixou marcado em Aparecida de Goiânia, com certeza, ficaria marcado na cidade de Goiânia, também como Capital. Eu vejo um grande responsabilidade minha, que a cada dia aumenta, poder representá-lo bem, como fui vice na chapa dele, e hoje gestor desta cidade”, diz. O prefeito também afirmou que compartilha de sentimento mútuo com todos os familiares, inclusive Daniel Vilela.

Ao Jornal Opção, Daniel também registrou gratidão pelo homenagem, considerada justa e merecida pela trajetória construída por Maguito no Estado. “Temos só a agradecer a homenagem na Assembleia, onde ele teve o grande ‘start’ da vida política, onde ascendeu politicamente como líder do governo Iris Rezende e, a partir dali, conquistou grandes vitórias e cargos políticos”, comenta. Irmã dele, Vanessa Carvalho Vilela agradeceu pela homenagem de reconhecimento ao trabalho e à história do pai. “Certamente essa é a homenagem que mais o alegraria e encheria de orgulho e satisfação, porque carrega uma simbologia diferenciada. Afinal, foi aqui no parlamento goiano que se projetou para o Estado e para uma carreira vitoriosa na defesa de seus ideais”, declara.

O Palácio Maguito Vilela já estava em funcionamento desde março, com expediente administrativo e realização de sessões ordinárias, extraordinárias, especiais e reuniões de comissões. Antes disso, a obra, que começou em 2005, passou por três paralisações, até fevereiro de 2019, quando foi retomada. A inauguração oficial foi feita pelo presidente da casa, Lissauer Vieira, que reconheceu a data como um dia histórico da gestão e do poder legislativo em Goiás. “A minha gratidão é imensa, a todos vocês deputados e deputadas, mas principalmente aos nossos servidores e servidoras do poder legislativo de Goiás”, declarou. Após o discurso, Lissauer recebeu um ofício entregue pelo deputado Amauri Ribeiro (UB), pedindo que ele seja indicado como candidato do governador ao Senado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.