Pai de garoto que teve braço dilacerado por tigre deve responder por lesão corporal

Em depoimento, Marcos do Carmo Rocha afirmou que, ao perceber o ataque, ele bateu no animal para que soltasse o braço da criança

O pai do garoto de 11 anos que teve o braço  direito amputado após ser mordido por um tigre  no Zoológico de Cascavel (PR) deve responder por lesão corporal. A informação é da Polícia do Paraná, que apura a possibilidade de negligência por parte do responsável, e também dos funcionários do local.

Marcos do Carmo Rocha foi detido e liberado após depoimento. Ele alegou que estava com o filho de três anos, quando o mais velho se distanciou e avançou para a área proibida. Segundo a versão do pai dos garotos, quando percebeu o ataque, ele bateu no tigre para que soltasse o braço da criança.

Caso Marcos seja sentenciado por lesão corporal, ele pode pegar de dois a cinco anos de prisão. Em entrevista, o delegado responsável pelo caso, Denis Marin, também condenou a atitude de quem assistia e gravava a cena. “As pessoas preferiram tirar o celular do bolso e gravar o menino brincando do que fazer alguma coisa”, disse.

Após cirurgia de emergência na noite da última quarta-feira (30), o garoto de 11 anos segue internado, mas deve receber alta do hospital na próxima semana. Com o quadro clínico estável, a criança teve o braço amputado na altura do ombro.

O tigre, por sua vez, foi retirado da jaula de exibição e está na área de manejo do parque zoológico.

Reveja o vídeo em que o menino de 11 anos aparece brincando com o tigre e, logo depois, é socorrido com o braço já dilacerado:

2
Deixe um comentário

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
#desigualdadesocial

Menino agride tigre, que agride menino… e pai alega empolgação!!! Quem deve ser sacrificado? O tigre??

Maria

Uma criança de onze anos já tem noção de perigo. É claro que o pai tem que cuidar, mas daí a ser responsabilizado, porque em um momento de distração com o filho de três anos, que este sim, necessita vigilância total, o maior fez uma traquinagem que terminou em tragédia, é, a meu ver, sensacionalismo. Nem o tigre, nem o pai, nem o zoológico são culpados. É triste o que aconteceu, mas não seria justo condenar o pai que com certeza já se sente culpado, muito menos sacrificar o pobre animal, que vive enjaulado, longe de seu hábitat natural, e… Leia mais