Páginas na internet continuam sexualizando participante do MasterChef Júnior

Chamada de “mulher de 12 anos”, Valentina segue sendo vítima de comentários pedófilos que incentivam relações sexuais com ela

Até o fechamento da matéria, o Facebook já havia retirado a página do ar | Foto: Reprodução

Até o fechamento da matéria, o Facebook já havia retirado a página do ar | Foto: Reprodução

Mesmo com uma enxurrada de críticas, alguns usuários das redes sociais seguem fazendo comentários sobre a menina Valentina, do reality MasterChef Jr. Acusando as pessoas que se assustaram com as palavras dos internautas de serem “moralistas”, uma página do Facebook e um blog defenderam os agressores da menina, justificando as insinuações.

Com o nome “Admiradores da Valentina Shulz” a página do Facebook, que já acumula mais de 150 curtidas, defende os comentários pedófilos, argumentando que “todos nós sonhamos em casar com uma mulher desse tipo”. O tipo a que o moderador da página se refere são as mulheres que “se casavam com essa idade, virgem, magra, pura, servindo e cuidando da casa e cozinhando”.

Na página, fotos expõem a menina e criticam feministas, gays e “esquerdistas”. Em um post com a foto da menina de costas, o administrador comenta: “Olha essas pernas, ao contrario dessas feministas, modernetes (sic) gordas e pelancudas da perna cabeluda.” Em outro, provoca: “Dai eu chego pra você Homem de Bem, branco e trabalhador e pergunto: O que você prefere, uma feminista velha, gorda, lésbica e peluda, rodada, mãe solteira, ou essa perfeição da imagem?”

O administrador da página ainda ironiza os comentários revoltados: “Estão dizendo que vamos ser presos, ser presos apenas por amar, é algo que seria com muita honra em não negar meus sentimentos”.

Já o blog, chamado “Foco Cristão”, chamou Valentina de “mulher de 12 anos de idade” e chegou a aconselhar os pais da garota: “Relaxem! Vocês já foram adolescentes, sabem que a sexualidade aflorar é normal. Não deixem que medos, inseguranças e a histeria dos moralistas abalem vocês e atrapalhem a vida da jovem”.

Segundo o artigo do Foco Cristão, que não tem assinatura, os “moralistas odiadores do sexo” não sabem nada sobre biologia e diz que ela deve ser considerada mulher adulta a partir do momento da menstruação. “Já está na idade até de ter filhos, claro que vai atiçar o desejo dos homens. Logo, ela tem que ser ‘gostosa’ para atrair os machos e assim ser fecundada para gerar a prole”, disse ele.

Curiosamente, o administrador do Foco Cristão dizem ter criado o blog para monitorar casos de estupro de crianças praticados por adolescentes. Eles selecionam diversas notícias de situações como essa e criticam a sociedade e a mídia por ignorar o desenvolvimento de meninos adolescentes, cujos atos são minimizados por eles serem “apenas meninos”. Para o autor do blog, nenhum adolescente seria vítima de pedofilia, porque a “referência correta” seria a puberdade e não a idade considerada pela lei.

Vale lembrar que criticar insinuações e o ato sexual propriamente dito com crianças não é basear-se no “moralismo”, é lei. Apesar de a pedofilia, que é a atração por crianças, ser considerada uma doença e não um crime, o código penal brasileiro tipifica toda relação com menores de 14 anos como estupro, como está expresso no artigo 217-A. A pena prevista é de oito a quinze anos de detenção.

Reações

Em entrevista ao portal IG, o pai de Valentina, Alexandre, afirmou que a família está bloqueando todo tipo de comentário com conteúdo pesado, para que a menina não seja afetada. “Estávamos preparados para o assédio e as consequências possíveis, mas não imaginávamos encontrar tarados. Teve gente que pediu que ela mandasse foto nua”, disse ele.

Os pais da garota tomaram a decisão de não denunciar ninguém, pelo menos por enquanto. Segundo eles, não tomarão providências porque estão conseguindo contornar a situação. Muitos usuários das redes sociais, no entanto, já o fizeram, principalmente solicitando ao Twitter e ao Facebook que os comentários e perfis fossem excluídos.

Para denunciar a página do Facebook, basta clicar nas reticências e depois em “denunciar página”. Como algumas das mensagens podem ser consideradas como criminosas, pode-se também registrar a denúncia na Polícia Civil, responsável pela apuração de crimes virtuais. A Polícia Federal também registra denúncias pelo seu site.

De acordo com o delegado e assessor de imprensa da Polícia Civil, Gilson Ferreira, a orientação é pra que a pessoa reúna o maior número de informações possíveis: “O usuário deve printar o post, levar o link, anotar o horário da publicação, enfim, coletar o máximo de dados que ele puder”. Segundo Gilson, as informações devem ser levadas ao Departamento de Polícia (DP) mais próximo.

Uma resposta para “Páginas na internet continuam sexualizando participante do MasterChef Júnior”

  1. Avatar Augusto disse:

    eu sou escritor e li o texto, escritor por uma pessoa no programa, a onde as palavras caracterizam, pedofilia sim, mais apesar que o texto já foi retirado do ar… se um juiz ler o texto, realmente ele condena a quem escreveu e publicou. O texto escrito é muito criativo ele começa quase citando que a garota foi estuprada, para pessoa com pouco aprendizado, entende isso, e em outro trecho dar de entender, que tem pedófilo a fim da menina e isso é muito grave…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.