Pagamento do PIS/Pasep começa no próximo dia 25

Poderá sacar o abono quem trabalhou formalmente por no mínimo 30 dias no ano passado, e cuja remuneração tenha sido de até dois salários mínimos

Foto: Reprodução

Começa, na quinta-feira, 25, o pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), referentes ao exercício dos anos de 2019 e 2020.

Terá direito ao benefício quem trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2018, e cuja remuneração média foi de até dois salários mínimos. Lembrando, ainda, que o trabalhador deve estar inscrito no PIS/Pasep há, no mínimo, cinco anos, e seus dados devem ter sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Pagamento

A liberação do pagamento para os trabalhadores inscritos no PIS levará em consideração a data de nascimento, já os do Pasep, o dígito final do número de inscrição. Pela ordem, quem nasceu entre julho e dezembro, receberá o abono do PIS ainda neste ano. Já os nascidos entre janeiro e junho, só poderão efetuar o saque em 2020.

Já em relação ao Pasep, receberão, neste ano, os trabalhadores cujo dígito final da inscrição seja de 0, 1, 2, 3 ou 4. Aqueles com final de 5, 6, 7,8 e 9 receberão o benefício no próximo ano. O pagamento do abono salarial referente ao PIS será feito pela Caixa em suas agências em todo o país; e o abono do Pasep será pago no Banco do Brasil.

Estima-se que sejam destinados R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores, com data prevista para o fechamento em 30 de julho de 2020.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.