Pádua e Maria Eugênia são atrações no Teatro Goiânia

Programação abre temporada de eventos do primeiro semestre de 2019

Pádua e Maria Eugênia na programação do Teatro Goiânia. Fotos: Divulgação

Os cantores Pádua e Maria Eugênia se apresentam nesta sexta-feira (8/2) e sábado (9/2), respectivamente, dentro da agenda de espetáculos do mês de fevereiro do Teatro Goiânia, abrindo a temporada de eventos do primeiro semestre de 2019. A programação é aberta a toda comunidade, a todas as idades e com preços populares.

Em seu show “Cantando Histórias”, o cantor e compositor Pádua, que comemora 42 anos de carreira musical em 2019, faz um pequeno apanhado da obra. No repertório, trabalhos já consagrados, como “Louca Magia”, “Vambora Andar” e “Mulher Cigana”, além de músicas inéditas que farão parte do novo CD “Cantando Histórias”, a ser gravado e lançado em 2019.

“Cantando Histórias” é um show de celebração e confraternização com o público de Pádua, artista que nasceu e cresceu em Goiânia e que faz parte de um elenco de grandes nomes da música feita em Goiás, e que fazem parte da história cultural da cidade e do Estado, abrindo caminhos para os que vieram depois, para os que estão chegando.

Já no sábado, é a vez da cantora Maria Eugênia apresentar o show de seu último disco, “Fui Eu”, que traz regravações de clássicos da MPB. A ideia de gravar o álbum veio com o sucesso “Uma Viagem Através da Música do Brasil”, espetáculo no qual, a convite do embaixador Lauro Moreira, a cantora, conhecida e reconhecida por gravar, desde o início da sua carreira fonográfica, em 1992, compositores goianos, apresentava a história do gênero através de grandes clássicos.

“Gravei músicas que estavam muito marcadas em mim, mas acho que conseguimos renovar as músicas sem alterar suas essências. Devo esta conquista ao arranjador e guitarrista Luiz Chaffin, e aos músicos, super criativos, Fred Valle na bateria, o baixista Marcelo Maia, o tecladista Henrique Reis e Edilson Morais na percussão. Nós soamos como uma banda. E às participações do DJ Múcio em algumas músicas e a do tecladista Ricardo Leão, na canção ‘Nascente’, a única mais lenta”, celebra Maria Eugênia.

Em 2018, a cantora comemorou 25 anos do lançamento do seu primeiro disco. Agora, com “Fui Eu”, Maria Eugênia se impôs este desafio, de surpreender seus fãs e de se surpreender, saindo de sua zona de conforto, como cantora romântica, ou regionalista. Gravado com o apoio da Lei Municipal de Cultura, é seu primeiro CD só de regravações, sucessos dos anos 80, e a maioria, de rock. “Dediquei este CD à minha filha, que tem hoje 11 anos. Gostaria que ela conhecesse o que era tocado nas rádios no tempo em que eu era uma mocinha”, comenta.

Serviço
Show Cantando Histórias – Pádua
Data: Sexta-feira (8/2)
Horário: 20h
Inteira: R$20,00
Meia: R$10,00

Show Fui Eu – Maria Eugênia
Data: Sábado (9/2)
Horário: 20h
Inteira: R$20,00
Meia: R$10,00

Pontos de venda:
Teatro Goiânia e Netcomm – Rua 134, 92 – Setor Oeste.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.