Governo Temer anuncia volta do Ministério do Desenvolvimento Agrário

Ministro-chefe da Casa civil anunciou que pasta extinta pelo governo interino de Michel Temer (PMDB) será recriada após o impeachment de Dilma Rousseff (PT)

Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha e presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), senadora Ana Amélia (PP-RS) | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha e presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), senadora Ana Amélia (PP-RS) | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, anunciou na manhã desta quinta-feira (11/8) a recriação do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), durante audiência pública realizada na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado Federal.

A pasta foi extinta no primeiro ato do governo provisório de Michel Temer (PMDB), que reduziu o número de ministérios, e deverá ser recriada em setembro, se confirmado o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), conforme informou o ministro.

“O presidente determinou que, em o Senado da República confirmando ele como presidente da República, deixando a interinidade, a gente volte a ter um ministério que vai cuidar desta área muito sensível, que é o desenvolvimento agrário e social, da área da agricultura, especialmente do pequeno agricultor, do agricultor familiar” afirmou.

Sobre o processo de impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff, o chefe da Casa Civil acredita que os votos favoráveis ao afastamento definitivo da petista do cargo no julgamento final ficarão entre 59 e 62, portanto acima do mínimo necessário (54).

Padilha garantiu que o novo ministério, atualmente abrigado na estrutura da Casa Civil, não vai gerar mais gastos para o governo. Ele ressaltou que a estrutura já existe e que os servidores da pasta já fazem parte do quadro.

O anúncio do ministro foi saudado com voto de aplauso aprovado pela CRA, encaminhado à Mesa do Senado pela presidente da comissão, senadora Ana Amélia (PP-RS). A atenção do governo federal ao setor foi destacada pelos senadores José Medeiros (PSD-MT), Waldemir Moka (PMDB-MS) e Flexa Ribeiro (PSDB-PA). (Com informações Agência Senado e Agência Brasil)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.