Padrasto e colega são presos por possível envolvimento na morte do menino Danilo

Eles teriam alegado à polícia que mataram Danilo para se vingar de um suposto mau comportamento

O garoto Danilo de Sousa Silva, de 7 anos | Foto: TV Anhanguera/ Reprodução

A força-tarefa que investiga a morte do menino Danilo de Sousa Silva, de 7 anos, prendeu, na tarde desta sexta-feira, 31, o padrasto e um colega dele por possível envolvimento no crime.

O delegado Rilmo Braga, da Delegacia de Investigação de Homicídios, confirmou ao Jornal Opção a prisão de Reginaldo Lima Santos e Hian Alves de Oliveira.

Eles alegaram à polícia que mataram Danilo para se vingar de um suposto mau comportamento.

Prisão do padrasto de Danilo | Foto: Reprodução

Os dois suspeitos foram presos em flagrante delito pelo crime de ocultação de cadáver em conexão com homicídio qualificado.

No momento de entrada na Delegacia de Investigação de Homicídios, Reginaldo Lima, o padrasto de Danilo disse a uma jornalista que é inocente e se trata de “uma armação”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.