Paço vai investir R$ 20 milhões em 100 praças de Goiânia

Custo de praças da capital variam entre R$ 200 mil e R$ 1,5 milhão cada; entre construção e revitalização

Em entrevista ao Jornal Opção, a secretaria de Relações Institucionais, Valéria Pettersen revelou que, para o ano de 2022, está previsto o investimento de mais de R$ 20 milhões em cerca de 100 praças da Capital. Esse recurso será destinado tanto a revitalização das que já existem, quanto para a construção de novos locais. O objetivo, segundo a secretária, é estimular o uso dos locais públicos por parte da população.

“Foi feito um estudo para que sejam construídas praças em locais onde hoje atualmente não existam. O que constatamos é que a maioria dos bairros de Goiânia não possuem praças de verdade, sem nenhuma opção de lazer. No entanto, as possibilidades são muitas. Algumas ruas têm grandes e largas ilhas, se você cria estações de atividades, quem mora naquele entorno começa a utilizar aquele espaço”, justifica Valéria.

Para estimular a utilização desses locais, cada praça a ser revitalizada ou construída irá atender a demanda da respectiva região. Um exemplo são os próprios campos de futebol, presentes em determinadas praças. “Muitas têm quadras, outras grama sintética, e outras campos de terra, porque como em alguns locais meninos jogam o dia inteiro, preferem que seja construído arquibancadas e alambrados”, explica.

A ideia, segundo ela, é incentivar a criação de praças como “mini parques”, com bancos para um espaço de socialização, academia a céu aberto, playground e árvores a serem plantadas pela própria comunidade. “Com as praças como mini parques, a família pode sentar e até fazer um piquenique”, exemplifica. Algumas praças devem, inclusive, receber internet Wi-Fi.

De acordo com a secretária, o valor de R$ 20 milhões se justifica porque o custo das praças varia entre R$ 200 mil e R$ 1,5 milhão. “Depende muito da praça, até porque algumas iremos instalar internet Wi-Fi para que as pessoas possam carregar o celular e se aconchegar”, completa. Ela ainda diz que esse recurso será proveniente de uma soma composta por emendas de vereadores, deputados federais e do próprio tesouro municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.