Paciente de 60 anos é surpreendida por companheiro e fica noiva no hospital

Muito emocionada, Marli recebeu o pedido de Alencar na enfermaria do Hospital de Urgências de Goiás na manhã da sexta-feira, 1º

Marli Fátima de Rosa, de 60 anos, foi surpreendida com um pedido de casamento na manhã desta sexta-feira, 1º, na enfermaria do Hospital de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo).

Natural de Pires do Rio, ela chegou à emergência da unidade de saúde em Goiânia no dia 11 de setembro. Achava que só ficaria noiva de Alencar Inácio da Silva, de 46 anos, quando voltasse para casa.

Alencar e Marli: noivos no hospital, após 30 anos de relacionamento | Foto: Divulgação

Mas Alencar, que mora há quase 30 anos com Marli, pediu autorização ao Hugo e pediu a mulher em casamento. Tudo foi preparado para o momento. Ele levou flores, com autorização da equipe que cuida da paciente, e trouxe felicidade para Marli.

“Ele prometeu que se minha tia apresentasse melhora na saúde ele a pediria em casamento. Porque ele quer viver o resto da vida dele ao lado dela”, conta a sobrinha Marina Aparecida Rosa, de 33 anos, que acompanha Marli no tratamento.

Com flores na mão esquerda, Alencar beijou a agora noiva Marli na enfermaria do hospital após o pedido de casamento. “Hoje não trouxe aliança, mas estou ficando noiva hoje”, se emocionou a paciente. Como brincos, colares, relógios e anéis são proibidos no ambiente hospitalar pelo risco de contaminação por vírus e bactérias, inclusive por Covid-19, o noivado foi selado com palavras de amor e carinho na enfermaria do Hugo.

“Ela é uma senhora de 60 anos que nunca perdeu a esperança de casar, de realizar o casamento”, descreve a sobrinha. Em tratamento de uma úlcera no esôfago, Marli apresentou quadro de princípio de pneumonia e suspeita de câncer no intestino.

Quadro de saúde
O quadro não é simples, com enfisema pulmonar e escaras nas pernas – ferimentos que surgem por ficar na mesma posição, mas a família deposita na equipe de saúde do Hugo e em Deus a confiança na recuperação da paciente.

Não é a primeira vez que Marli é internada no Hugo. Quando completou 60 anos, no dia 16 de junho, a paciente estava na unidade. A sobrinha lembrou do tratamento que a tia recebeu da equipe do hospital, inclusive com festa de aniversário e bolo.

Desde domingo, 26 de setembro, quando a paciente foi transferida para um quarto na enfermaria, Marina acompanha a tia no Hugo. A expectativa do casal e da família é a de que em breve os dois tenham condições de concretizar o sonho de Marli e fazer o casamento. Como as flores não podem ficar no hospital, depois do pedido, Alencar levou o arranjo embora.

“Hoje é um dia muito alegre da minha vida. Quero agradecer a todas as enfermeiras, todos os meus amigos que estão participando comigo desse momento de alegria junto à minha sobrinha, que eu amo muito e me dá a maior força do mundo. Deus sempre há de estar protegendo a cada um de vocês. Obrigada, meu noivo, pelo presente”, disse Marli em um vídeo gravado para os familiares enquanto segurava a mão do noivo Alencar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.