Rebeca Andrade conquista 1º ouro da história da ginástica feminina brasileira em Olimpíadas

Rebeca com a medalha de ouro na prova de saltos | Foto: Reprodução Sportv

Ginasta paulista foi a 3ª a competir no salto, fez dois movimentos de alto grau de dificuldade e não foi superada por nenhuma rival

O Brasil acordou neste domingo, 1º, com uma grande alegria nos Jogos de Tóquio: a pequena Rebeca Andrade, de Guarulhos (SP), se tornou a mais nova campeã olímpica. Ela disputou a prova de saltos, nas finais da ginástica artística, e conseguiu a média final de 15.083 em suas duas execuções.

A estadunidense MyKayla Skinner ficou com a medalha de prata (14.916) e a sul-coreana Yeo Seo-jeong, com o bronze (14.733).

Com a ausência da favoritíssima Simone Biles (EUA), era maior ainda a expectativa por uma medalha da brasileira em Tóquio. E ela veio, da melhor forma possível. E tudo isso aumentou ainda mais quando outra forte concorrente dos Estados Unidos, Jade Carey, falhou no primeiro salto. Depois dela, foram mais quatro ginastas, nenhuma superando a média de Rebeca.

Como grande parte dos atletas brasileiros, a história da jovem paulista também é de superação: em 2019, ela teve uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito e foi submetida a três cirurgias. Por isso, havia muita ansiedade em relação a seu desempenho em Tóquio.

A competição de saltos tem a somatória de duas execuções para compor a nota final, pela média, de cada ginástica. A primeira tentativa de Rebeca não teve execução perfeita e ela partiu para o segundo apostando em um movimento com grande grau de dificuldade.

Ao repórter Carlos Gil, da TV Globo, Rebeca confessou que não foram seus melhores saltos. “Mas isso é ginástica, acontece, é do esporte. No fim tirei nota suficiente para me dar o primeiro lugar. Estou muito feliz”, disse.

No quadro de medalhas da Tóquio 2020, o Brasil começa este domingo em 17º lugar, com 2 ouros, 3 pratas e cinco bronzes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.