Oscar 2017: veja lista de indicados, onde e em qual horário vai passar no Brasil

La La Land – Cantando Estações desponta como favorito, com o recorde de 14 indicações, incluindo de melhor filme, ator e atriz

A premiação mais importante do cinema mundial, o Oscar, entregue anualmente pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, associação profissional que reúne cineastas de vários países, acontece neste domingo (26/2), nos Estados Unidos. A cerimônia de entrega dos prêmios começa às 17 horas, em Los Angeles, 22 horas em Brasília.

Com 14 indicações, o filme La La Land – Cantando Estações, é o grande favorito desta que é a 89ª cerimônia do prêmio. A película narra um romance entre um músico que sonha em abrir um clube de jazz e uma jovem atriz que ambiciona tornar-se estrela de Hollywood. Concorrem ainda ao título de melhor filme: Um Limite Entre Nós; Lion; Até o Último Homem; A Chegada; Moonlight: Sob a Luz do Luar; Manchester À Beira Mar; e Estrelas Além do Tempo.

Após a polêmica em 2016, quando a hashtag #OscarSoWhite (#OscarTãoBranco) dominou a internet, em protesto contra a ausência de negros concorrendo à premiação, a edição deste ano é marcada pelos esforços da Academia para promover a diversidade racial. Ao contrário de 2016, quando atores negros foram ignorados pela Academia, a lista do Oscar 2017 conta com o recorde de seis indicações de atores negros no total.

O ator negro Denzel Washington, que já venceu o Oscar duas vezes (uma como melhor ator e outra como coadjuvante) está na disputa de melhor ator com Um Limite Entre Nós, filme do qual também é o diretor. Os outros indicados a melhor ator são Casey Affleck (por Manchester À Beira Mar); Ryan Gosling (La La Land); Andrew Garfield (Até o Último Homem) e Viggo Mortensen (Capitão Fantástico).

Já ao título de melhor atriz concorrem Natalie Portman (por Jackie); Emma Stone (La La Land); Meryl Streep (Florence: Quem é Essa Mulher?); Isabelle Huppert (Elle); e Ruth Negga (Loving).

Outro título bastante aclamado pela crítica é Moonlight, que recebeu oito indicações, incluindo as de melhor filme e diretor para Barry Jenkins. Segundo analistas, o filme, uma produção independente, é o único com chances de evitar a vitória de La La Land na categoria de melhor filme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.