Orlando Drummond, o ‘Seu Peru’, morre aos 101 anos

Ator foi internado em 20 de abril no Rio de Janeiro para tratar de uma infecção urinária

Orlando Drummond morreu aos 101 anos na tarde desta terça-feira, 27, O ator, famoso por interpretar o personagem Seu Peru na Escolinha do Professor Raimundo, foi internado em 20 de abril no Rio de Janeiro para tratar de uma infecção urinária.  A informação foi dada pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

A causa da morte do artista ainda não foi revelada, bem como detalhes de seu velório. Nascido em 19 de outubro de 1919, no Rio de Janeiro, Drummond iniciou sua carreira como contrarregra, nos anos 1940, na Rádio Tupi. Ali, o radialista Paulo Gracindo viu o seu potencial e apadrinhou o artista, que logo ingressou na carreira de ator e dublador, criando personagens como Lúcio, o Granfino, que falava de moda e da alta sociedade.

A voz de Drummond acompanhou gerações. Ele foi o responsável por imortalizar personagens da animação internacional no Brasil. Foi ele quem dublou, entre os seus mais de cem trabalhos, o marinheiro Popeye, Alf, o “ETeimoso”, o Vingador, de Caverna do Dragão, Gargamel, de Smurfs, e, claro, o lendário Scooby-Doo — aliás, por este trabalho, chegou a entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes, por ter dado voz ao dogue alemão por nada menos do que 35 anos (de 1975 a 2010).

Mas o papel que fez o Brasil conhecer o seu rosto foi o de Seu Peru, que fez sucesso na Escolinha do Professor Raimundo, a partir dos anos 1990. Mesmo que o personagem tenha levado muito do que Drummond havia feito na Rádio Tupi, com Lúcio, o Granfino, eles se encontraram por uma coincidência, contou o ator ao Estadão, em 2019.

O personagem ainda participou de outros programas da TV Globo, como A Turma do Didi, em 2001, e o especial de final de ano Chico e Amigos, em 2009. Sempre muito ativo, Drummond decidiu diminuir o ritmo de trabalho em 2015, após sofrer um acidente doméstico, que resultou em três costelas quebradas. Em janeiro, Drummond foi imunizado contra a covid-19, em uma cerimônia que marcou o início da vacinação em sua cidade natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.