Oposição pede criação de CPI para investigar desvios na Petrobras

Colegiado pretende continuar os trabalhos da CPI Mista de 2014 que começou a investigar as irregularidades na estatal

Foto: Alexssandro Loyola / Assessoria de Comunicação PSDB

Foto: Alexssandro Loyola / Assessoria de Comunicação PSDB

Na Câmara dos Deputados, a base de oposição ao governo deu entrada no pedido de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as irregularidades na Petrobras. O requerimento recebeu 186 assinaturas.

O colegiado pretende dar continuidade aos trabalhos da CPI Mista do ano passado. O pedido foi feito na última terça-feira (3/2), dia em que a demissão da então presidente da estatal, Graça Foster, começou a ser alardeada. A saída foi considerada “tardia” pelos tucanos.

O líder do PSDB na Câmara, o deputado paulista Carlos Sampaio, afirmou que com a CPI, todos os envolvidos no escândalo vão ser nomeados. “O Brasil tem o direito de saber quem são essas pessoas”, defendeu.

De acordo com o documento, “A companhia que é o grande orgulho dos brasileiros vem experimentando vultosos prejuízos, em decorrência de operações que chegam a ser escandalosas, de tão mal concebidas. Sobre algumas delas se levanta, inclusive, a suspeita de que tenham sido realizadas com objetivos espúrios”.

O colegiado será composto por 25 membros titulares e 25 suplentes e funcionará por 120 dias. O foco do inquérito será nos atos ilícitos cometidos na Petrobras nos últimos dez anos.

A oposição pretende criar mais quatro CPIs: setor elétrico, BNDES, fundos de pensão e Pronaf, além de uma nova CPI Mista para continuar apurando o chamado “petrolão”.

*Com informações da Assessoria de Comunicação do PSDB

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Ninobernar Leite Bernardes

agora esse partidos das situação vão encher a pauto de cpizinhas para atrapalhar a principal e distrair o povo…