Oposição, Bloco Moderado e prefeitura tentam chegar a acordo sobre IPTU/ITU: apenas 25% para 2015

O valor de 29,7% de 2016 seria retirado do projeto de aumento que está sendo votado agora

Vereadores tentam chegar a um denominador comum para o aumento do IPTU/ITU que está sendo votado na tarde desta sexta-feira (19/12) na Câmara Municipal de Goiânia. O Bloco Moderado e a oposição tentam convencer a base do prefeito Paulo Garcia (PT) a retirar do projeto a parte que se refere ao aumento de 29,7% para 2016. Se assim for, conforma alguns vereadores da oposição, o projeto tem chance de ser aprovado.

De acordo com a matéria, que foi aprovada em primeira votação no plenário na última quinta-feira (18/12), e posteriormente adicionado uma emenda que reduziu o valor a 25%, o aumento para 2015 seria de 25% e, para o ano seguinte, 29,7% — sendo assim, um aumento de 62,5% para 2016.

Os vereadores Wellington Peixoto (Pros) e Felisberto Tavares (PT), que votam a favor do projeto, afirmaram ao Jornal Opção Online que não querem aceitar o aumento para 2016. A oposição conversava com o secretário de Finanças, Jeovalter Correia, sobre o tema.

Deixe um comentário