Operação detecta mais de 300 hectares de áreas desmatadas sem autorização em Goiás

Etapa 2 da Operação Mata Atlântica combate desmatamento ilegal em Corumbaíba e Morrinhos

Foto: Secima

Em ação de combate ao desmatamento ilegal, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima) promoveu a Operação Mata Atlântica em Pé do dia 12 até o dia 16 de setembro. A ação foi feita em parceria com o Ministério Público Estadual (MP-GO) e o Batalhão de Polícia Militar Ambiental e atuou nos municípios de Corumbaíba e Morrinhos.

Foram detectados 363 hectares de desmatamentos sem a autorização do órgão ambiental, gerando dez Autos de Infração e nove Termos de Embargos. As autuações totalizaram R$ 2,073 milhões.

A primeira etapa foi executada em janeiro de 2018. A realização da Etapa 2 coincidiu com a Operação Mata Atlântica em Pé – de âmbito nacional. Cada Promotoria Estadual, que possui em seu território o Bioma Mata Atlântica, preparou uma força-tarefa no combate à degradação ambiental.

Via satélite

Foi feito um levantamento prévio das áreas fiscalizadas por meio de captura via satélite. O mapeamento abrangeu as áreas entre 2014 e 2018. Isso desencadeou uma operação para avaliar os reais danos ambientais causados na região. Os resultados das fiscalizações serão anexados no processo físico e digital da Secima n° 37/2018, onde contém, também, o Plano Operacional dessa atividade.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.