Operação da Sefaz lavra em apenas dois dias R$ 100 mil em autos de infração

Fiscalização ocorre nos municípios de Itumbiara, São Simão, Cristalina, Catalão e Corumbaíba

Em apenas dois dias, a equipe da Secretaria da Fazenda que está trabalhando na Operação Grãos, junto com a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Ordem Tributária (DOT) e Batalhão Fazendário da Polícia Militar, lavrou autos de infração de aproximadamente R$ 100 mil no posto JK, em Itumbiara.

Na relação de mercadorias autuadas por falta de notas fiscais, documentação inidônea ou fria, estão confecções, bebidas quentes, sucatas de cobre, plástico e papelão, secos e molhados em geral, discos (CD promocionais), ovos de Páscoa, borracha natural, além de milho em grãos, que estavam na mira dos fiscais. Os produtos foram avaliados em R$ 376 mil. Alguns autos foram quitados de imediato, enquanto outros aguardam o pagamento.

Em São Simão, outro importante ponto de entrada e saída do Estado, foram autuadas nesta quarta-feira, dia 7, uma carreta de milho destinada a Minas Gerais, uma carreta de madeira, vinda de Mato Grosso, ambas com notas inidôneas. Também foram lavrados sete outros termos de autuações de mercadorias diversas. Na terça-feira, primeiro dia da operação foram apreendidas três carretas de milho sem notas fiscais.

A fiscalização também é realizada em Cristalina, Catalão e Corumbaíba para a conferência dos documentos fiscais. A DOT participa com 17 policiais civis com orientação da delegada Ana Cláudia Stoffel. A Sefaz tem vários comandos volantes envolvidos na operação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.