Operação contra PCC prendeu duas pessoas no Estado de Goiás

Mandados foram expedidos nos municípios de Morrinhos e Bom Jesus

Suspeitos presos em Goiás | Reprodução

A Polícia Civil de Goiás cumpriu dois mandados de prisão preventiva nas cidades de Morrinhos e Bom Jesus no âmbito da Operação Echelon, deflagrada nesta quinta-feira (14/6) em 14 estados contra  estruturas da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Em Goiás, a ação foi coordenada pelo delegado de Itumbiara, Ricardo Chueire. Os suspeitos Noaby Vinícios Silva Souza, de 27 anos, e Flávia Magalhães Monteiro, de 19 anos, foram presos e conduzidos às delegacias locais, onde foram interrogados.

A Operação Echelon investiga um setor do PCC que controla as ramificações interestaduais, conhecido como Resumo dos Estados, que está diretamente subordinado à cúpula da organização criminosa. A ação é coordenada pela Polícia Civil e Ministério Público de São Paulo.

Ao todo, foram expedidos 59 mandados de busca e apreensão em 14 estados. Também foram decretadas as prisões preventivas de 75 investigados, todos apontados como integrantes do grupo. Além de São Paulo e Goiás, os policiais cumprem diligências em Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Pará, Alagoas, Minas Gerais, Tocantins, Roraima, Rio Grande do Norte, Acre, Amapá e Maranhão.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.