ONU seleciona voluntários em Goiás para atuar na implantação de programa adotado pelo CNJ

Interessados devem se inscrever até o dia 08 de setembro; 24 selecionados irão atuar no cadastramento de processos de execução penal

Foto: reprodução

A Organização das Nações Unidas (ONU) em Goiás está selecionando voluntários para implantação do Sistema Eletrônico de Execução Unificado (Seeu) que irá cadastrar cerca de 55 mil processos de execução penal do Estado de Goiás. Interessados em ocupar uma das 24 vagas têm até o dia 08 de setembro para se candidatarem.

Com previsão de duração por três meses, com possibilidade de prorrogação do prazo, os selecionados irão cumprir expediente que vai das 8h às 14h. As atividades incluem preparação de documentos para digitalização, verificação das mídias digitalizadas e demais atividades a serem solicitadas pelo supervisor.

Para se candidatar é necessário ser brasileiro ou residente legal do País. Seguindo o primeiro critério, só após registrar o perfil na base de talentos do programa Voluntários das Nações Unidas (UNV) o interessado poderá manifestar interesse no PNUD.

É necessário que o candidato se enquadre em requisitos como ensino básico e habilidade na língua portuguesa. Outras informações podem ser acessadas aqui.

O programa

A implantação do sistema pelo Tribunal de Justiça de Goiás atende à adoção do Seeu como política nacional pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em resposa à lei 12.714/2012, que determinou a criação de sistema eletrônico informatizado para gestão de dados da execução da pena, da prisão cautelar e de medidas de segurança.

Conforme divulgado pelo projeto, o objetivo é desenvolver ferramentas e estratégias com foco no fortalecimento do monitoramento e da fiscalização do sistema prisional e socioeducativo, com ênfase na redução da superlotação e superpopulação nesses sistemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.