Especialistas dizem que neste momento as atenções precisam estar voltadas para a aplicação da 1° dose naqueles que ainda não a receberam

Vacinação Covid-19 | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Agência de Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) afirmaram em um artigo publicado na revista científica The Lancet, que neste momento, as atenções devem estar voltadas para a aplicação da primeira dose dos imunizantes contra a Covid-19 naqueles que ainda não a receberam e não na aplicação de uma terceira dose ou dose de reforço em alguns grupos da população. 

Segundo eles, a terceira dose não é necessária devido ao fato de que as duas primeiras aplicações que devem ser ministradas já são suficientes para garantir a proteção das pessoas, diminuindo a proporção de casos graves da doença, estimulando a imunidade celular e fazendo com que a proteção não diminua de maneira drástica.