OMS diz que viagens internacionais precisam ser retomadas

Organização fez apelo para que países se esforcem mais para diminuir casos da Covid-19, além de ter elogiado Canadá, China, Alemanha e Coreia do Sul por terem controlados surtos em suas regiões

Foto: Reprodução.

Nesta segunda-feira, 27, a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que as proibições de viagens internacionais não podem vigorar por tempo indeterminado, e os países terão que se esforçar mais para diminuir a disseminação do novo coronavírus dentro de suas fronteiras.

Durante entrevista virtual em Genebra, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que somente por meio da obediência rígida às medidas de saúde, que vão do uso de máscaras à distância de aglomerações, o mundo conseguirá derrotar a pandemia de Covid-19.

“Onde essas medidas são seguidas, os casos diminuem. Onde não são, os casos aumentam”, declarou Ghebreyesus. Logo após fez elogios aos Canadá, China, Alemanha e Coreia do Sul por controlarem os surtos em suas regiões.

O chefe do Programa de Emergências da OMS, Mike Ryan, reiterou que é impossível manter as fronteiras fechadas. “Será quase impossível para países manter suas fronteiras fechadas em um futuro previsível. As economias têm que se abrir, as pessoas têm que trabalhar, o comércio tem que recomeçar”, declarou. “O que está claro é que a pressão sobre o vírus empurra os números para baixo. Reduzam essa pressão e os casos voltam a subir” completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.