Oito são presos por envolvimento em fraude de programa de habitação em Goiás

Ministério Público e Policia Civil cumprem também nove mandados de busca e apreensão e quatro de condução coercitiva, todos em Goiânia

Foi deflagrada da manhã desta quinta-feira (26/10) uma operação para desarticular organização criminosa que atuava na fraude em inscrições de famílias de baixa renda em eventuais programas de moradia popular mediante convênio com a Agência Goiana de Habitação (Agehab).

São cumpridos em Goiânia oito mandados de prisão temporária; nove de busca e apreensão; quatro de condução coercitiva, além de sequestro de bens no valor de até R$ 2 milhões para ressarcimento do prejuízo causado pelo esquema. Segundo informações do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), dentre os presos está um ex-vereador de Goiânia.

Segundo investigações, no período entre 2012 e 2016, houve movimentação de R$ 1,2 milhão nas contas da empresa, que é classificada sem fins lucrativos, bem como vários saques de até R$ 50 mil que foram destinados para a pessoa apontada como chefe da organização. 

Todos os presos e conduzidos, além de documentos, bens e provas encontrados, estão sendo levados para a sede o MP, onde terão depoimentos colhidos e depois, ou liberados ou encaminhados para a prisão.

A operação é realizada em parceria com a Polícia Civil, e é comandada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MP-GO (Gaeco) e pelo Centro de Inteligência do MP (CI-MP), com apoio do Gabinete de Segurança Institucional do MP (GSI-MP). Participam da operação promotores de Justiça, delegados e agentes da PC, além de oficiais e servidores do MP.

Resposta

O Jornal Opção entrou em contato com a Agehab e a assessoria de imprensa encaminhou nota-resposta.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Marcel

De nome aos bois!!!