Obsessão por consumir alimentos saudáveis pode virar doença. Conheça a ortorexia

Nutricionista alerta para transtorno que causa prejuízo nutricional e compromete vida social de pacientes

Divulgação

Com inúmeras opções de dietas da moda e uma quantidade infinita de informações a respeito de alimentação, cada vez mais as pessoas estão atentas ao que devem ou não comer. O problema é quando o hábito vira obsessão.

Um novo transtorno alimentar chamado de ortorexia tem chamado a atenção de especialistas. De acordo com a nutricionista Maíra Azevedo, a doença é de difícil diagnóstico, uma vez que o paciente não percebe que precisa de ajuda.

“O paciente fica obcecado em comer apenas alimentos considerados saudáveis, tem fixação por ler rótulos e só come a comida que ele mesmo prepara, sem óleo e sem sal”, explica.

Segundo ela, na maioria dos casos é a família do paciente que procura ajuda já que o transtorno prejudica principalmente a vida social do ortoréxico. “Eles deixam de ir em festas, de frequentar outros lugares por causa da comida”.

Mas, além da vida social, a obsessão por certos tipos de alimentos também pode causar prejuízo nutricional. “Alguns ortoréxicos acreditam que leites e derivados são inflamatórios, por isso eles excluem esses produtos da dieta. A consequência disso é deficiência de cálcio e aumenta a possibilidade de desenvolver osteoporose”, exemplifica.

A nutricionista explica que, dentro de um plano alimentar, praticamente todos os alimentos podem ser inserido desde que haja equilíbrio na quantidade e frequência de consumo sem nenhum malefício para a saúde.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.