Obras do Centro de Iniciação Esportiva de Aparecida chegam à fase final

Trabalhos devem ser concluídos no segundo semestre deste ano. Espaço vai contar com área total de 12 mil m²

Foto: Prefeitura de Aparecida de Goiânia

A prefeitura de Aparecida de Goiânia anunciou que as obras do Centro de Iniciação Esportiva (CIE) chegaram à sua fase final. O espaço, localizado no Parque Trindade, na região Leste de Aparecida, terá uma área total de 12 mil m² com 1,8 mil m² de área construída. 

Segundo a gestão municipal, o local irá atender mais de três mil pessoas, entre atletas profissionais e amadores de dezenas de modalidades. A obra ficou paralisada por um período para a organização de novos aditivos financeiros e mudanças no projeto para que novas modalidades fossem contempladas no espaço esportivo.

Com o reequilíbrio realizado, o secretário de Esportes, Lazer e Juventude do município, Gerfeson Aragão, organizou a retomada dos trabalhos pela empresa terceirizada, Kaviterra Construção Civil, para esta quarta-feira, 22.

O projeto de construção do Centro de Iniciação Esportiva inclui a construção de arquibancada com capacidade para 185 pessoas; área de apoio com salas para administração, professores e técnicos do esporte; vestiários e sanitários, enfermaria, copa, depósito, almoxarifado, academia e elevadores. Gerfeson Aragão, afirma que a obra retomada deverá ser concluída no segundo semestre deste ano.

“A obra foi interrompida no fim do ano passado devido a transição do governo federal e também para que fossem feitas adequações no projeto junto ao Ministério do Esporte. O serviço foi retomado nesta quarta-feira, 22, pela empresa licitada e a nossa previsão é de que a obra seja concluída até outubro. Depois do término da obra, a Caixa Econômica irá fazer a vistoria do empreendimento e em seguida marcamos a data para inauguração”, afirmou.

Segundo o secretário Gerfeson, os equipamentos e materiais para serem utilizados pelos atletas no CIE já foram adquiridos pela prefeitura. “O município já possui todos os móveis e equipamentos necessários para o funcionamento do Centro Esportivo, que será um moderno espaço para a prática esportiva e que vai contemplar atletas profissionais de alto rendimento e também a população da cidade”, garantiu.

Concebido pelo Ministério do Esporte e prefeitura de Aparecida na segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), o Centro de Iniciação Esportiva será equipado com ginásio poliesportivo com pista de atletismo e demais equipamentos que proporcionem a prática de 13 modalidades olímpicas como esgrima, ginástica trampolim, levantamento de peso, taekwondo, lutas, ginástica, badminton, tênis de mesa, vôlei, basquetebol, ginástica artística, judô e atletismo.

Também serão contempladas no espaço seis modalidades paraolímpicas como esgrima de cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, voleibol sentado, goalball e uma não-olímpica  que é o futebol de salão. No atletismo o CIE terá salto em altura, raia de atletismo com 11 metros, salto em distância e salto triplo, além de arremesso de peso.

Ginásios de esportes

Aparecida de Goiânia possui seis ginásios de esportes distribuídos em diversas regiões da cidade. A Prefeitura, que busca ampliar o acesso à iniciação esportiva de crianças e adolescentes do município já demonstrou interesse em assumir a gestão destes espaços que hoje estão sob responsabilidade do governo de Goiás. Eles estão localizados na Vila Brasília, Cruzeiro do Sul, Jardim Tiradentes, Cidade Livre, Garavelo e no Centro.

Segundo o secretário Gerferson, é preciso desburocratizar os trâmites legais junto ao governo estadual para que a administração municipal possa realizar a reforma e coloque-os para serem utilizados pela população. “Abrimos, por meio da secretaria de Esportes, o processo licitatório para realizar as obras de reforma dos seis ginásios. Enfatizamos, em todas as conversas que tivemos com a secretaria de esportes estadual, de que a Prefeitura está pronta para administrar estes espaços”, ponderou.  

De acordo com o secretário há muito tempo os ginásios perderam a sua principal finalidade que é da prática de atividades esportivas com qualidade. “Queremos promover aulas de esporte para crianças e adolescentes nos ginásios de Aparecida. Estes pontos estão hoje sucateados, com a estrutura física debilitada e são mal administrados. Por isso acreditamos que, se o governo estadual aceitar a proposta do prefeito Gustavo Mendanha, os ginásios retomarão o conceito de espaços de integração social e iniciação esportiva gratuita”.

Caso passem para a gestão municipal, os ginásios oferecerão atividades esportivas tais como aulas de vôlei, basquete, futsal e melhor acesso a população. “Queremos devolver para as crianças, jovens e professores, a oportunidade do acesso livre aos ginásios e sua gratuidade. Essa é uma demanda silenciosa da população que hoje têm poucos espaços com qualidade para praticar esportes. E por mais que a prefeitura construa locais adequados, os ginásios não podem ficar obsoletos como estão”, pontuou Gerfeson Aragão.

“A prefeitura tem recurso e projetos prontos para investir na reforma desses ginásios”, destacou ainda o secretário que prevê, conforme estudos, que cada ginásio atenda cerca de 500 crianças e adolescentes, impactando diretamente três mil famílias pelo projeto de iniciação esportiva. “Não haverá cobrança de taxas para utilização do ginásio, por exemplo, exceto quando o evento for de iniciativa privada com bilheteria”, completou o secretário.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.