O problema da pornografia entre jovens se torna centro do debate em Goiânia

Clube Love, grupo com sede em São Paulo, faz evento na capital goiana no dia 1º de agosto para sensibilizar a juventude contra a exposição sexual nas redes sociais

PornFaseÉ inegável que a divulgação de vídeos e fotos íntimas na internet tem causado inúmeros problemas atualmente. São casos de pessoas que têm sua intimidade exposta nas telas de celulares e que, para se poupar do constrangimento, precisam às vezes mudar de escola — e até de cidade. A essa nova prática de disseminação de pornografia via internet denomina-se autopornografia ou sexting, prática comum, sobretudo entre adolescentes e jovens, que se filmam, se fotografam e tudo isso acaba indo parar nas redes.

As consequências disso são muitas, mas o que fazer diante da força dessa pornografia na palma da mão? Falar, sem frescuras, repressão ou falso moralismo sobre o problema, tornando claros os riscos da exposição. A fala é de Thiago Torres, idealizador e realizador do Clube Love, uma multiplataforma de cultura, lazer e educação, que visa informar e sensibilizar o jovem sobre seu protagonismo no mundo atual; em especial, sobre sua sexualidade.

O Clube Love, que tem sede em São Paulo, tem feito palestras e congressos pelo Brasil exatamente com esse intuito: falar sobre sexo com a juventude. E o movimento agora chega a Goiânia. No dia 1º de agosto, o grupo falará sobre os problemas da pornografia. “É preciso orientar a nossa juventude, conversando sem medo sobre a pornografia, o mal que ela faz e a devastação emocional e relacional que ela causa”, aponta Torres.

A grande questão do sexting é que isso pode acabar sendo um estímulo à pornografia infantil, que é crime. O “envio de nudes” pelos aplicativos de bate-papo e redes sociais desenha bem a cara da pornografia na era da internet: de acordo com o grupo internacional Fight The New Drug (Lute contra a Nova Droga, em inglês), 35% dos downloads são de conteúdos pornográficos; por dia, 100 milhões de páginas pornô são visitadas. O maior site pornô tem 4,4 bilhões de visualizações e 350 milhões de visitantes por mês; 22 mil novos vídeos pornô são adicionados na rede a cada mês.

Diante desses números, o Clube Love acredita que sensibilizar a sociedade sobre este problema é um passo a mais para uma vida livre do vício da pornografia e de suas consequências. E o modo de fazer isso é com a realização de encontros que funcionem como um ambiente de troca de ideias, com palestras curtas e muita interação, como: apresentações culturais, foodtrucks, show com música ao vivo, grafite, skate, além da oportunidade de convivência e novas amizades.

Serviço: Clube Love Goiânia
Quando: 1º de agosto de 2015, às 16h
Onde: Sal da Terra | Rua 90, 470 – Setor Sul, Goiânia
Quanto: R$ 20
Inscrições e mais informações: http://bit.ly/CPFGyn
www.facebook.com/clubelove / instragram @clubelove

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.