Número de jovens com Covid-19 no mundo triplica em 5 meses, diz OMS

“Os jovens podem ser infectados, os jovens podem morrer e os jovens podem transmitir o vírus a outras pessoas” alertou diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, ao comentar sobre descumprimento de normas de segurança

Foto: Divulgação

Segundo informou a Organização Mundial da Saúde (OMS), o percentual de jovens entre 15 e 24 anos infectados com o novo coronavírus em todo o mundo cresceu cerca de três vezes no período cinco meses. Pessoas dessa faixa etária continuam frequentando casas noturnas e praias, além de serem menos atentos ao uso de máscara e distanciamento social.

O estudo da OMS, que abrange 6 milhões de infecções entre 24 de fevereiro e 12 de julho, constatou que a parcela de pessoas com idade entre 15 e 24 anos subiu de 4,5% para 15%.

“As pessoas mais jovens tendem a ser menos vigilantes quanto ao uso de máscaras e ao distanciamento social”, disse à Reuters a gerente de enfermagem da unidade de biocontenção do Hospital Johns Hopkins,  Neysa Ernst. “Saídas aumentam as chances de pegar e espalhar a Covid-19”, completou, reiterando que os jovens têm mais probabilidade de sair para trabalhar, ir à praia, frequentar bares e comprar mantimentos.

Os jovens não são invencíveis

Anthony Fauci, principal especialista em doenças infecciosas dos Estados Unidos, pediu aos jovens no mês passado que continuem a cumprir distanciamento social, usem máscaras e evitem multidões, e alertou que pessoas assintomáticas também podem espalhar o vírus.

Ao observar que jovens infectados apresentam poucos sintomas, especialistas de vários países insistiram em orientar medidas semelhantes. 

“Já dissemos isso antes e diremos novamente: os jovens não são invencíveis”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, em entrevista coletiva em Genebra na semana passada. “Os jovens podem ser infectados, os jovens podem morrer e os jovens podem transmitir o vírus a outras pessoas.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.