Novo presidente da CMTT de Anápolis criará Escolinha Municipal de Trânsito

Além do investimento em educação ele também anunciou criação de canal para sugestões e reclamações sobre o transporte coletivo no município

Novo secretário promete investimentos em educação no trânsito e engenharia | Foto: Divulgação

A Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT) de Anápolis investirá, a partir deste ano, em ações de fortalecimento em engenharia e educação para o trânsito. É o que afirma o novo presidente do órgão, Carlos César Toledo, sob orientação do prefeito Roberto Naves (PTB).

Segundo ele, um dos principais objetivos é transformar a cidade em referência em mobilidade. “Também estaremos atentos às ações de fiscalização, mas vamos além das multas. Afinal, a cidade quer experimentar um novo salto de desenvolvimento e ser referência em mobilidade é fundamental neste sentido”, afirma.

Uma das principais ações defendidas por Toledo é a criação da Escolinha Municipal de Trânsito. O objetivo é fazer com que as crianças conheçam, gratuitamente, as leis de trânsito. “A conscientização desde a infância é fundamental para garantir que o trânsito de Anápolis seja cada vez mais seguro”, avalia.

O presidente também explica que, na área de engenharia, serão feitas intervenções para melhorar o fluxo de trânsito. Ele Calçadas e meio-fios passarão por readequações para garantir mais acessibilidade aos portadores de necessidades especiais.

Toledo ressalta ainda que serão instalados guichês do órgão dentro de terminais urbanos da cidade. Neles, usuários do transporte coletivo poderão fazer sugestões e reclamações sobre o serviço. “Um dos nossos principais objetivos é aproximar a CMTT da população. Para isso, vamos criar um canal direto para dialogar com os anapolinos”, conclui.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Byl David

As calçadas estão cada vez piores de se transitar. Cada vez mais carros nos arredores de bares, de instituições religiosas e de comércios. Um inferno. Esta CMTT só pinta asfalto, quando pinta!