Novo presidente da Associação Goiana do Ministério Público é eleito com 97% dos votos

Chapa AGMP Viva, liderada por Benedito Torres, teve 398 dos 410 votos. Entidade representará promotores e procuradores estaduais por dois anos

Chapa eleita para exercer diretoria da AGMP no biênio 2022/2023. | Foto: divulgação

A Chapa AGMP Viva assumirá a direção da Associação Goiana do Ministério Público (AGMP) nos próximos dois anos (2022/2023). O novo presidente da entidade, Benedito Torres, tomará posse no próximo mês de fevereiro. Para exercer o comando geral da diretoria, o membro do MP contará com auxílio do vice Leandro Murata e de outros 13 membros.

A eleição foi realizada nesta sexta-feira. Dos 410 votos totais, a chapa contabilizou 97% a seu favor, 398. Dos outros doze votos, seis foram nulos e seis brancos.

Benedito Torres é corregedor-geral da Corregedoria Nacional do Ministério Público. O novo presidente comemorou o amplo da categoria. “É o fundamento para que possamos fazer uma grande gestão”, disse o presidente eleito.

Em sua quinta passagem pela presidência da AGMP, Benedito Torres destacou que buscará simetria com o Poder Judiciário. Além disso, reforçará o diálogo com o Poder Legislativo para defender os interesses da categoria. “É importante que entendam que não podemos fragilizar as ferramentas de trabalho do Ministério Público, sem as quais nós não podemos caminhar”, ressaltou o membro do MP.

Veja os membros da chapa eleita:

Alice de Almeida Freire, Camila Silva de Souza, Carla Fleury de Souza, Marlene Alves de Carvalho, Patrícia Otoni Pereira, Patrícia Gimenes, Gabriela Starling, Bruno Barra Gomes, Antônio de Pádua, Carlos Alberto Fonseca, Leandro Franck, Paulo Pereira dos Santos e Vinícius Marçal Vieira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.