Novo comando da Secretaria de Segurança Pública registra queda de 30% nos homicídios em 10 dias

Apesar do curto espaço de tempo, análise dos dados de segurança publica no Estado mostram resultados positivos com a maior presença de policiais nas ruas

O vice-governador e titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, José Eliton (PSDB), comemorou os dados da balança comercial de janeiro | Foto: Jota Eurípedes

O vice-governador e titular da Secretaria de Segurança Pública, José Eliton (PSDB), divulgou dados depois de 10 à frente da pasta | Foto: Jota Eurípedes

Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (7/3) no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, quando foi anunciada a realização de novo concurso público para as polícias militar e civil, o vice-governador e secretário de Segurança Pública, José Eliton (PSDB) divulgou números destes 10 primeiros dias à frente da pasta.

Dos dados de índices de criminalidade divulgados pelo secretário, o único indicador que sofreu aumento foi o de roubo a comércio, que cresceu 7%. No período compreendido entre os dias 25 de fevereiro e 06 de março, em comparação com o período de 11 de fevereiro a 21 do mesmo mês, em todo o Estado, os homicídios foram reduzidos em 30% (caíram de 96 para 67) e as tentativas de homicídio tiveram decréscimo de 28% (caíram de 72 para 52).

Roubos e furtos a pessoas caíram, respectivamente, 38% e 44% (1.314 roubos registrados anteriormente, e 810 agora; furtos foram reduzidos de 149 para 83).

José Eliton pontua, porém, que os números compilados dentro de um período tão curto de tempo servem apenas para análise estratégica da própria secretaria. “Estes indicadores podem dar a ilusão de que o problema está solucionado, quando na verdade não está”, afirmou.

Para o secretário, é impossível fazer qualquer avaliação com depois de apenas 10 dias, mas a coleta dos dados é importante para desenvolvimento de novas ações. “Os dados mostram, quase em sua totalidade, que a presença ostensiva das forças policiais nas ruas tiveram um impacto importante nos números. Os dados agora vão servir como parâmetro de análise estratégica da própria secretaria e como indicadores de correção de rumos a serem tomados.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.